Esportes

Santos faz mistério sobre reforços para o Brasileirão

Da Redação ·
A diretoria santista deve anunciar pelo menos dois reforços nos próximos dias
fonte: Imagem ilustrativa
A diretoria santista deve anunciar pelo menos dois reforços nos próximos dias

A diretoria santista deve anunciar pelo menos dois reforços nos próximos dias. A prioridade é a contratação de um goleiro experiente para a vaga de Fábio Costa - emprestado até o final do próximo ano ao Atlético-MG - e um atacante para o lugar de André - vendido recentemente ao Dínamo Kiev, da Ucrânia. Embora os dirigentes façam mistério, o nome mais forte para o gol é o de Edson Bastos, que está no Coritiba, e que trabalhou com o técnico Dorival Júnior em 2008.

continua após publicidade

"Não estamos dormindo. Sabemos das carências que o nosso elenco tem e estamos trabalhando para reforçar o grupo, mas só vamos falar em nomes quando as negociações estiverem 100% certas", disse o gerente de futebol, o ex-jogador Paulo Jamelli, nesta segunda-feira à tarde.

continua após publicidade

De acordo com o dirigente, Wesley não deve mais ir para o Werder Bremen, da Alemanha. O jogador chegou a aceitar a oferta salarial do clube alemão, mas como ainda não chegou a proposta oficial ao Santos, resolveu rever a sua decisão. "É normal o interessado primeiro acertar com o atleta para depois procurar o clube, mas desta vez o assunto não evoluiu e Wesley está propenso a ficar mais um tempo no

Santos para continuar se valorizando e deixar a transferência para outra oportunidade", afirmou o gerente santista.

continua após publicidade

Os jogadores voltaram do descanso de duas semanas, nesta segunda-feira à tarde. Agora, concentrados, vão treinar em dois períodos durante 15 dias no Hotel Recanto dos Alvinegros, sendo liberados apenas nas noites de sábado e domingo.

Léo, Arouca e André, que estavam no Rio, chegaram atrasados, mas participaram da atividade física. Paulo Henrique Ganso, que passou por uma artroscopia no joelho direito quinta-feira passada, é o único atleta que não vai participar da intertemporada, mas deve permanecer concentrado para antecipar o seu retorno às atividades de campo. A previsão para a sua recuperação é de três a quatro semanas.