Esportes

Hamilton e Mercedes decidem adiar conversas sobre novo contrato

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Hamilton e Mercedes decidem adiar conversas sobre novo contrato
fonte: Foto: Andrew Hone / Pirelli
Hamilton e Mercedes decidem adiar conversas sobre novo contrato

MARSELHA, FRANÇA - Apesar de ter contrato com a Mercedes até o final da temporada de 2015 da F-1, Lewis Hamilton e a equipe alemã chegaram a um acordo para adiar até a decisão do título deste ano qualquer tipo de conversa sobre um novo acordo --ou, eventualmente, uma quebra no atual contrato.

continua após publicidade

"Neste momento [a disputa] está muito intensa e temos que nos concentrar na temporada. Mas uma coisa é certa, não vamos falar com nenhum outro piloto antes de termos uma visão muito clara de como podemos continuar a trabalhar com o Lewis. Isso está apalavrado entre nós", afirmou Toto Wolff, chefe do time, que recentemente anunciou a extensão do contrato de Nico Rosberg, agora arqui-rival de Hamilton.

Com mais de um ano de contrato com o piloto inglês a ser cumprido, Wolff afirmou acreditar que nenhuma das duas partes irá buscar uma alternativa antes de sentarem para conversar, depois que o título deste ano for decidido --Rosberg lidera o Mundial com 29 pontos a mais que Hamilton, o segundo colocado.

continua após publicidade

"Não temos interesse em conversar com nenhum outro piloto e não estamos fazendo isso, assim como Lewis também não está conversando com nenhuma outra equipe. Isso é porque nós confiamos uns nos outros", declarou o chefe da Mercedes.

"No momento temos que nos concentrar no campeonato e não nos envolvermos em discussões contratuais ou mesmo discussões muito intensas, porque este é um problema que temos ainda um ano e meio para resolver", completou Wolff, que tem tido trabalho para gerenciar a disputa interna entre sua dupla de pilotos.

Na última corrida, eles acabaram perdendo a chance de conquistar uma dobradinha que parecia fácil depois de se tocarem na segunda volta do GP da Bélgica.

Hamilton teve o pneu de seu carro furado e não completou a prova. Rosberg teve mais sorte, mas ainda assim chegou em segundo, vendo Daniel Ricciardo conquistar sua terceira vitória nesta temporada.