Esportes

Em jogo difícil Chile bate a Suíça por 1 a 0

Da Redação ·
  O primeiro tempo em Port Elizabeth foi de jogadas bastante violentas
fonte: googleimagens.com
O primeiro tempo em Port Elizabeth foi de jogadas bastante violentas

O Chile conseguiu superar a retranca da Suíça, venceu por 1 a 0, e assumiu a liderança do Grupo H da Copa do Mundo após a segunda rodada. O time do técnico Marcelo chegou aos seis pontos contra três dos rivais desta segunda-feira (21) em Port Elizabeth. Espanha e Honduras, que perderam na estreia, ainda se enfrentam nesta tarde.

continua após publicidade

Na sexta-feira (25), o Chile encara a favorita Espanha precisando de um empate para garantir a classificação e a primeira colocação da chave. No mesmo dia, a Suíça encara Honduras em busca da vitória para se classificar para as oitavas de final.

continua após publicidade

O gol aos 29min do segundo tempo quebra a invencibilidade da defesa suíça, que não era vazada em Copas do Mundo desde as oitavas de final da edição de 1994. Na participação seguinte, em 2006, foram eliminados sem que tomarem gols. Neste ano, o time estreou com uma vitória surpreendente sobre a Espanha por 1 a 0.

O primeiro tempo em Port Elizabeth foi de jogada bastante violentas. O chileno Suazo, que fez a sua estreia no torneio, recebeu cartão amarelo logo no primeiro minuto de partida após acertar rival em dividida. Outros dois jogadores da equipe sul-americana foram advertidos ainda antes do intervalo: Ponce e Carmona.

Mas foi a Suíça que ficou com um jogador a menos em campo depois que Behrami acertou a mão em Fernandez e recebeu cartão vermelho. O árbitro saudita Khalil Al Ghamdi interpretou o lance como agressão.

continua após publicidade

Aos 10min, o Chile ameaçou pela primeira vez. Vidal arriscou de fora da área e Benaglio espalmou. Na sobra, Carmona tentou de longe e o goleiro suíço pegou novamente. Já com um jogador a mais, Alexis Sánchez dominou na área, mas chutou fraco.

O Chile chegou a marcar aos 4min do segundo tempo, mas o lance foi invalidado. Depois de jogada ensaiada, Sanchez chutou de fora da área, a bola desviou em Gonzáles e enganou Benaglio. O árbitro marcou impedimento do atacante.

Quatro minutos depois, o Chile perdeu outra oportunidade. Sánchez roubou a bola de Grichting, invadiu a área, mas chutou em cima de Benaglio.

O gol da partida saiu aos 29min. Paredes recebeu lançamento , driblou o goleiro Benaglio, mas perdeu ângulo. Preferiu, então, cruzar para Gonzalez, que mandou de cabeça para o gol vazio.