Esportes

Tony e Helinho fazem dobradinha

Da Redação ·
 Kanaan ao lado de Castro Neves (á direita) e o venezuelano EJ Viso
fonte: Foto por Chris Jones/Indycar.com/Divulgação
Kanaan ao lado de Castro Neves (á direita) e o venezuelano EJ Viso

O brasileiro Tony Kanaan (Andretti Autosport) venceu o GP de Iowa da Fórmula Indy neste domingo (20) e quebrou um jejum de quase dois anos sem vitória na categoria. Hélio Castro Neves, da Penske, segundo colocado, completou a dobradinha brasileira na corrida.

continua após publicidade

O último triunfo de Kanaan havia sido em 28 de junho de 2008, no GP de Richmond. Com a vitória, ele subiu para a sexta posição na classificação do campeonato, com 229 pontos.

continua após publicidade

O líder é Will Power (Penske), com 274 pontos, seguido pela dupla da Chip Ganassi Scott Dixon (263 pontos) e Dario Franchitti (260). A segunda colocação de Castro Neves no Iowa fez o brasileiro chegar mais perto de Franchitti, mas continua em quarto, com 251, à frente de Ryan Briscoe (Penske, 240).

continua após publicidade

Logo no começo da corrida, o pole position Will Power caiu da liderança para a sexta posição em apenas uma volta. Dessa forma, desenhava-se um domínio da equipe Ganassi, que alternou sua dupla Scott Dixon e Dario Franchitti na ponta.

Na volta 121, Kanaan assumiu a liderança pela primeira vez, deixando Dixon para trás e disputando a vitória com Franchitti. Na 200, o escocês teve problemas com câmbio e teve que fazer um pit stop extra.

continua após publicidade

Dessa forma, a briga pela primeira colocação ficou com Castro Neves, que se tornou líder na volta 215. Kanaan retomou a liderança restando apenas dez voltas e venceu a corrida.

continua após publicidade

Vitor Meira, da equipe AJ Foyt, saiu em 13º e chegou em sétimo; Raphael Matos (De Ferran Luczo Dragon) foi o 14º, duas posições à frente de Mario Romancini (Conquest). Mario Moraes, da KV, abandonou na primeira volta.

continua após publicidade

Dos outros brasileiros, o melhor é justamente Meira, em 12º (160 pontos), seguido por Matos (14º, 142), Moraes (17º, 131) e Romancini (19º, 113). Bia Figueiredo (29ª, 33 pontos) e Bruno Junqueira (35º, 13) aparecem na classificação, apesar de não correr todas as etapas.

A próxima prova da Fórmula Indy ocorre no dia 4 de julho, em Watkins Glen.

Confira o resultado da corrida:

1º Tony Kanaan (BRA/Andretti Autosport): 250 voltas
2º Hélio Castro Neves (BRA/Penske): + 4.2030s
3º Ernesto Viso (VEN/KV Racing): + 5.2538s
4º Ryan Briscoe (AUS/Penske): + 9.0536s
5º Will Power (AUS/Penske): + 9.5902s
6º Scott Dixon (NZL/Ganassi): + 15.2683s
7º Vitor Meira (BRA/ AJ Foyt): + 16.8703s
8º Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti Autosport): + 1 volta
9º Graham Rahal (EUA/Dreyer and Reinbold): + 1 volta
10º Danica Patrick (EUA/Andretti Autosport): + 1 volta
11º Dan Wheldon (ING/Panther): + 1 volta
12º Alex Tagliani (CAN/FAZZT): + 2 voltas
13º Alex Lloyd (ING/Dale Coyne Racing): + 2 voltas
14º Raphael Matos (BRA/de Ferran Dragon Racing): + 3 voltas
15º Marco Andretti (EUA/Andretti Autosport): + 6 voltas
16º Mario Romancini (BRA/ Conquest Racing): + 6 voltas
17º Bertrand Baguette (BEL/ Conquest Racing): + 13 voltas

Abandonaram:
Dario Franchitti (ESC/Ganassi): 212 voltas
Takuma Sato (JAP/KV Racing): 177 voltas
Hideki Mutoh (JAP/Newman/Haas Racing): 131 voltas
Simona de Silvestro (SUI/Team Stargate Worlds/HVM): 128 voltas
Sarah Fisher (EUA/Sarah Fisher Racing): 92 voltas
Milka Duno (VEN/Dale Coyne Racing): 31 voltas
Justin Wilson: (ING/Dreyer and Reinbold): 0 voltas
Mario Moraes (BRA/KV Racing): 0 voltas