Esportes

Problemas na temporada deixam Massa atrás de companheiro na Williams

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Problemas na temporada deixam Massa atrás de companheiro na Williams
fonte: Foto: Arquivo
Problemas na temporada deixam Massa atrás de companheiro na Williams

BUDAPESTE, HUNGRIA - Foram três abandonos em quatro corridas, o suficiente para deixar Felipe Massa cauteloso ao chegar para o GP da Hungria. Mas, após "sobreviver" com uma quinta colocação àquela que considerava a prova mais complicada para a Williams daqui até o final do Mundial de F-1, o piloto brasileiro acredita que tem tudo para fazer uma segunda parte de campeonato bem melhor do que a primeira.

continua após publicidade

"Ficou claro para nós que temos um bom carro nas mãos e agora temos que nos focar na segunda parte do Mundial, que acredito que poderemos estar ainda mais fortes. As próximas duas etapas são em pistas que devem se encaixar muito bem com nosso carro e temos que tentar aproveitar isso", disse Massa sobre as corridas em Spa-Francorchamps (Bélgica) e Monza (Itália), daqui a um mês, já que a F-1 entra em férias agora.

"Sabemos que podemos lutar por pódios e a Williams tem trabalhado bastante, não só na pista como na fábrica, e temos estrutura para voltar a lutar por vitórias e campeonatos", completou o brasileiro em Budapeste, após a vitória de Daniel Ricciardo, no último domingo.

continua após publicidade

Com o quinto posto conquistado na Hungria, Massa subiu uma posição no Mundial de Pilotos. Passou do décimo para o nono posto no campeonato, com 40 pontos conquistados. O alemão Nico Rosberg, da Mercedes, lidera com 202.

Companheiro de Massa na Williams, Valtteri Bottas ocupa o quinto posto, com 95 pontos.

"Era para eu ter marcado muito mais pontos do que marquei, mas tive muitas coisas acontecendo neste começo de ano que não foram por culpa minha. Sei que essa fase não vai durar para sempre e uma hora isso vira", afirmou o brasileiro.

continua após publicidade

Confira como foram as 11 primeiras corridas e oito problemas que Massa já teve nesta temporada:


Austrália

Depois de se classificar na nona colocação para a abertura do Mundial, o brasileiro é acertado ainda na largada por Kamui Kobayashi, da Caterham.

continua após publicidade

"Isso só aumenta minha frustração por tudo que aconteceu. Eu sabia que nosso carro estava muito bom com pista seca e tinha certeza que podia ter feito uma boa corrida. Olhando pelo que o Bottas fez, mesmo com um problema durante a corrida, esta era uma prova para ter chegado no pódio com certeza", disse o brasileiro ao ver o companheiro chegar em sexto.


Malásia

continua após publicidade

A chuva na classificação atrapalha a Williams, que coloca Massa em 13º e Bottas em 18º no grid. Com três voltas para o fim da corrida, a equipe ordena que o brasileiro abra passagem e ceda sua sétima colocação para o companheiro, o que Massa não faz.

"Foi uma disputa normal entre companheiros até o final e o importante é que trouxemos pontos para a equipe", disse Massa, que chegou na sétima colocação em Sepang, imediatamente à frente do finlandês.


Bahrein

continua após publicidade

Após um pedido público de desculpas pelas ordens de equipe na corrida anterior, o brasileiro se classifica em sétimo em Sakhir. Na largada, pula para terceiro, mas tem azar com a entrada do safety car na pista e completa em sétimo. Bottas é o oitavo.

"Foi um começo sensacional, foi tudo perfeito naquele momento e sem dúvida foi uma das melhores largadas da minha carreira. O pessoal piscou, eu fui."


China

continua após publicidade

Sexto no grid, faz boa largada e pula para terceiro. Em sua primeira parada nos boxes, porém, um problema na troca de pneus acaba custando muito tempo ao brasileiro, que era o sexto quando entrou nos boxes.

"O tempo que perdi parado na troca dos pneus depois foi impossível de recuperar e eu voltei na última posição. Só teria conseguido recuperar mais posições se o safety car tivesse entrado, mas não foi o caso", diz, após completar a corrida em 15º. Seu companheiro chega em sétimo.

continua após publicidade


Espanha

Massa larga em nono, mas com uma estratégia de uma parada a mais que Bottas, acaba preso no trânsito durante a prova e completa em 13º, enquanto o finlandês chega em quinto.

"É muito frustrante sair da Espanha sem ter marcado pontos porque nossa expectativa era muito diferente. Era para ter chegado mais à frente, conquistado pelo menos alguns pontos, mas a verdade é que a posição de largada acabou me prejudicando muito e no fim a gente usou uma estratégia que também não ajudou."

continua após publicidade


Mônaco

Larga em 16º por conta de um incidente no qual foi vítima do novato Marcus Ericsson no treino de classificação, faz uma estratégia diferente da do resto do grid, tem sorte e completa a prova em sétimo, marcando pontos depois de duas corridas. Bottas não completa.

"No fim das contas foi uma boa corrida. O carro tinha um ritmo bom e sabia que não era para ter largado em 16º. Eu tinha carro para sair mais para a frente, talvez em nono ou décimo, mas devido ao que aconteceu saí lá de trás."

continua após publicidade


Canadá

Conquista sua melhor posição de largada do ano (quinto) e faz ótima corrida, apesar de um problema em seu pit stop. Na última volta, bate com Sergio Perez quando lutava pela quinta colocação. Os dois vão para o hospital e o mexicano é punido pelo acidente.

continua após publicidade

"Perdi uma chance gigante de ir ao pódio ou até lutar pela vitória. Se eu não tivesse tido o problema no meu primeiro pit, quando perdi quatro segundos, poderia ter ido ainda melhor. É realmente uma pena ter perdido esta chance e tantos pontos importantes para nós. Pelo menos saio sabendo que tínhamos um carro incrível e que fiz uma corrida excepcional", disse o brasileiro, que viu Bottas chegar em sétimo.


Áustria

Conquista de forma surpreendente a pole na volta da Áustria ao calendário, com Bottas ao seu lado no grid. Mantém a dianteira até a primeira rodada de pits, mas completa a prova em quarto. O finlandês vai ao pódio pela primeira vez.

"O momento chave da prova foi a minha primeira parada, porque eu acabei voltando para a pista numa posição difícil, com o Rosberg muito próximo, mas eu acabei voltando atrás. Logo depois o Lewis me passou e o Valtteri acabou parando depois de mim e voltou na frente. Foi um momento problemático da minha corrida e foi ali que eu acabei perdendo a chance de subir no pódio, que era totalmente possível", disse após conquistar seu melhor resultado na temporada.
Inglaterra

Após erro de estratégia na classificação, Massa larga em 15º e Bottas em 14º. Vê sua corrida acabar após cinco curvas, ao ser acertado pela Ferrari de Kimi Raikkonen.

"Foi um final de semana completamente negativo. Na sexta eu tive uma batida no treino da manhã, no sábado nós erramos na estratégia e na corrida tive um problema na embreagem na largada e acabei caindo para último. Mas já tinha passado dois carros na curva 4 e vi o Kimi batendo. Ele veio para cima de mim e eu só tive tempo de virar a direção para escapar escapar dele", explicou o brasileiro que viu Bottas ir ao pódio mais uma vez, em segundo.


Alemanha

Terceiro colocado no grid, o brasileiro novamente vê sua corrida acabar logo após a largada. Desta vez, após choque com Kevin Magnussen, da McLaren.

"O que aconteceu foi que o Valtteri [segundo no grid] não largou bem, eu tirei um pouco o pé na primeira curva para não disputar com meu companheiro e correr um risco desnecessário e levei um susto quando senti o toque. O carro do Kevin acabou tocando na minha roda traseira e fez uma espécie de catapulta que fez com que eu capotasse", lamentou Massa. Bottas vai ao pódio em segundo.


Hungria

Parte em sexto, perde duas posições na largada, mas se recupera e, apesar de sofrer com o rendimento dos pneus em seu carro, completa a prova em quinto. Bottas, que larga em terceiro, chega apenas em oitavo.

"Sem dúvida foi um resultado positivo. Não foi uma corrida fácil e meu carro estava muito mais lento com os pneus médios, o que não me deixou lutar de igual para igual com a Ferrari e a Red Bull hoje. Sofri bastante com isso, mas no fim das contas podemos dizer que foi um bom resultado para a equipe."