Esportes

Brasil x Chile e Colômbia x Uruguai fazem Copa 'virar' Copa América

Da Redação ·
 Mineirão vai receber Brasil x Chile pelas oitavas de final da Copa, neste sábado (Foto: Reprodução/TV Globo)
fonte:
Mineirão vai receber Brasil x Chile pelas oitavas de final da Copa, neste sábado (Foto: Reprodução/TV Globo)

Brasil, Chile, Uruguai e Colômbia entram em campo neste sábado para mostrar a força do futebol sul-americano nesta edição da Copa do Mundo. Com clima de Copa América, as quatro seleções abrem a fase de oitavas de final da competição.

continua após publicidade

A seleção brasileira pega o Chile, no Mineirão, em Belo Horizonte, às 13h. Uruguaios e colombianos se enfrentam às 17h, no Maracanã, no Rio. Os vencedores dos dois confrontos vão se encontrar nas quartas de final, na sexta-feira (4), às 17h, no Castelão, em Fortaleza.

O Brasil deve entrar em campo modificado, com Fernandinho na vaga de Paulinho. O volante do Manchester City entrou bem contra Camarões, quando o Brasil garantiu a liderança do grupo A, com uma goleada por 4 a 1. Fernandinho marcou o último gol do jogo e também foi importante para proteger a defesa brasileira. Ele treinou no time titular.

continua após publicidade

Outros testes feitos por Felipão durante a semana indicaram duas possibilidades de mudanças: Maicon em vez de Daniel Alves na lateral direita; e Ramires substituindo Hulk. "Não sei o time que vai jogar, porque sempre tem um problema ou outro acontecendo", disse Felipão. David Luiz deixou o campo com dor nas costas. Exame deressonância magnética não indicou lesão, mas David disse: "Não sei se vou para o jogo".

O Chile ficou com o segundo lugar do Grupo B, atrás da Holanda. Teve que vencer a Espanha, por 2 a 0, no Maracanã. Os chilenos voltam a enfrentar o Brasil nas oitavas de final, após serem eliminados por brasileiros em 1998 (4 a 1) e 2010 (3 a 0). O Brasil ganhou de Croácia e Camarões, mas empatou em 0 a 0 com o México.

Brasil x Chile, Mineirão, às 13h
Mesmo com o histórico de eliminações e goleadas nas oitavas, o Chile é um adversário temido por Felipão. O treinador disse que não gostaria de jogar contra os chilenos, ao ser perguntado sobre possíveis adversários, logo após o sorteio dos grupos da Copa, no ano passado. Ele repetiu o discurso, na segunda-feira, quando Brasil x Chile foi confirmado.

continua após publicidade

"Se eu pudesse escolher, escolheria outra seleção. Porque eu vi jogos do Chile, joguei contra o Chile e vi as qualidades. Algumas pessoas não viam dessa forma e achavam que o Chile seria descartado logo. Eu acho o mais difícil. Tem catimba, tem qualidade, organização. Eles têm tudo",comentou Felipão. "Nós tivemos a oportunidade de jogar um amistoso contra eles, e foi um jogo de muita dificuldade, de alto nível. Vimos a qualidade deles, têm grandes jogadores. Sem dúvida vai ser um jogo maravilhoso", lembrou Luiz Gustavo, ao comentar a vitória brasileira por 2 a 1, no Canadá, em novembro passado.

O atacante Alexis Sánchez elogiou os zagueiros brasileiros. "Para mim, a melhor defesa que tem neste momento é a do Brasil. Uma qualidade impressionante", comentou. O jogador do Barcelona havia dito que se preocupava com a arbitragem, antes de o juiz ser escalado. O inglês Howard Webb, 42 anos, apitará o jogo. Ele apitou Brasil x Chile, na Copa de 2010. Webb também foi escolhido para apitar a final daquele ano, entre Espanha e Holanda.

Após pênalti em Fred, contra a Croácia, jornalistas e torcedores questionaram a arbitragem. Na sexta-feira, o repórter Andrés González, do jornal chileno "El Mercurio", falou da preocupação de jogadores e federação de futebol do Chile com favorecimento ao Brasil. Ele foi interrompido pelo diretor de comunicação da Confederação Brasileira de Futebol, que disse que o tema era "primitivo e imaturo", além de ser um "desrespeito".