Esportes

Em novo treino fechado, Dunga ensaia jogadas de ataque

Da Redação ·
Na reta final de preparação para a estreia na Copa, Dunga resolveu adotar a tática do mistério
fonte: Agências
Na reta final de preparação para a estreia na Copa, Dunga resolveu adotar a tática do mistério

Na reta final de preparação para a estreia na Copa, Dunga resolveu adotar a tática do mistério. Pelo segundo dia seguido, ele fechou o treino para a imprensa, num trabalho que teve como principal objetivo ensaiar algumas jogadas de ataque e aclimatar melhor os jogadores do Brasil ao frio de que deve fazer na terça-feira, quando acontece o jogo contra a Coreia do Norte.

continua após publicidade

Foi o terceiro treino fechado nos últimos quatro dias, algo inédito na história da seleção brasileira, o que mostra que Dunga está realmente preocupado em fazer mistério para tentar surpreender a Coreia do Norte na estreia desta terça-feira.

continua após publicidade

Além de esconder o jogo, outra motivação do treino fechado foi preparar os jogadores para o frio que deverá fazer na terça-feira, quando o Brasil enfrentará a Coreia do Norte a partir das 20h30 (horário local) - a previsão do tempo em Johannesburgo é de dois graus negativos. Assim, o trabalho no campo da escola Hoerskool Randburg aconteceu durante a noite.

continua após publicidade

Mas a tática de treinar no horário do jogo não deu muito certo. A noite deste domingo não foi tão fria em Johannesburgo, com temperatura média de 14ºC. Mesmo assim, Dunga terá outra chance de trabalhar à noite antes da estreia: será nesta segunda-feira, quando a seleção brasileira faz o treino de reconhecimento do Estádio Ellis Park, a partir das 18 horas (horário local).

Apesar de tanto mistério feito por Dunga na reta final de preparação, os próprios jogadores admitem que não há muito o que inventar tão perto da estreia na Copa. "A gente não vai mudar muita coisa. Vamos manter o que a gente vem fazendo há um bom tempo", contou o lateral Maicon. "Vamos seguir nesse mesmo caminho, que tem dado certo", disse o também lateral Daniel Alves.