Esportes

Com gol de Valdivia, Chile vence Austrália e fica à frente da Espanha

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Com gol de Valdivia, Chile vence Austrália e fica à frente da Espanha
fonte:
Com gol de Valdivia, Chile vence Austrália e fica à frente da Espanha

SÃO PAULO, SP - Com um gol do meia Valdivia, do Palmeiras, o Chile venceu por 3 a 1 a Austrália na noite desta sexta-feira (13), na Arena Pantanal, em Cuiabá, pela 1ª rodada do Grupo B da Copa do Mundo.

continua após publicidade


Além do feito na partida, o camisa 10 chileno foi muito bem, principalmente, no primeiro tempo, quando participou da armação das principais jogadas ofensivas.
Valdivia, inclusive, ofuscou a atuação de Arturo Vidal, principal estrela da equipe e que mostrou que ainda está fora de ritmo após se recuperar de uma cirurgia no joelho direito. Só não foi melhor que Alexis Sanchez, autor de um gol e de uma assistência.


Com a vitória, o Chile somou os três primeiros pontos e ficou à frente da seleção espanhola, goleada pela Holanda nesta tarde, na classificação da chave. Deste grupo, sairá o adversário do Brasil na próxima fase do Mundial, caso a seleção brasileira também se classifique.

continua após publicidade


O próximo confronto dos chilenos será diante da Espanha, no dia 18, no Rio de Janeiro. Já a Austrália enfrenta a Holanda, no mesmo dia, em Porto Alegre.
Apoiado por sua torcida que lotou o estádio, o Chile foi avassalador nos 15 primeiros minutos de jogo. Impondo uma forte marcação pressão e uma excelente troca de passes, o time sul-americano fez 2 a 0 e depois relaxou. Somente depois que viu os australianos diminuírem o placar, conseguiu reequilibrar o confronto.
Aos 11min, após jogada confusa na grande área da Austrália, a bola sobrou para Alexis Sanchez, do Barcelona, chutar colocado no canto e abrir o placar da partida. O goleiro Ryan ainda tocou na bola antes de entrar.

Dois minutos mais tarde, o mesmo atacante fez boa jogada individual na intermediária ofensiva e tocou para Valdivia. O meia do Palmeiras finalizou com categoria na entrada da área e ampliou o marcador para a equipe chilena.


Antes do intervalo, o Chile diminuiu o seu ritmo e viu a Austrália se aproveitar da sua fragilidade na bola aérea para descontar em uma jogada isolada no campo de ataque. Após o cruzamento do lado direito aos 34min, o atacante Cahill ganhou na altura de Medel e cabeceou no alto, sem chances para o goleiro Bravo.
Baseado no gol do primeiro tempo, a Austrália começou a tentar as jogadas por cima e abusou dos cruzamentos na etapa final. Em algumas jogadas, até conseguiu levar perigo à meta do goleiro Bravo e quase empatou em duas oportunidades se não fosse a atuação do camisa 1 do Chile.
No final, o Chile suportou a pressão aérea feita pela equipe da Oceania e assegurou o resultado positivo até o apito final.

continua após publicidade


De quebra, ainda fez o terceiro nos acréscimos. Aos 46min, após roubada de bola no meio de campo e rapido contra-ataque, Beausejour chutou da entrada da área e acertou o canto, decretando a vitória chilena.

CHILE
Bravo; Isla, Medel, Jara e Mena; Diaz, Vidal (Gutiérrez), Aránguiz e Valdívia (Beausejour); Vargas (Pinilla) e Sanchez T.: Jorge Sampaoli


AUSTRÁLIA
Ryan; Franjic (McGowan), Davidson, Jedinak (Halloran) e Milligan; Spiranovic, Leckie, Oar e Cahill; Wilkinson e Bresciano (Troisi) T.: Ange Postecoglou
Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Árbitro: Noumandiez Doue (CDM)
Gols: Alexis Sanchéz, aos 11min., Valdivia, aos 13min. do 1°t, e Beausejour, aos 46min. do 2°t (Chile); Cahill, aos 34min. do 1°t (Austrália)
Cartões amarelos: Cahill, Jedinak e Milligan (A); Aránguiz (C)