Esportes

Fifa tem que ser íntegra e carregar tocha da honestidade, diz Blatter

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Fifa tem que ser íntegra e carregar tocha da honestidade, diz Blatter
fonte: Foto: Divulgação
Fifa tem que ser íntegra e carregar tocha da honestidade, diz Blatter

SÃO PAULO, SP - Em meio a denúncias de corrupção no processo de escolha do Qatar como sede da Copa do Mundo-2022, o presidente Joseph Blatter disse nesta quarta-feira (11), em seu discurso de abertura do congresso da Fifa que a entidade tem de ser íntegra e "carregar a tocha da honestidade".

continua após publicidade

Segundo o mandatário, o caráter global da instituição, que conta com 209 associações nacionais filiadas, lhe dá um enorme poder, mas também uma grande responsabilidade social. "O futebol tem que ser uma fonte de mudanças para o mundo, não um obstáculo. Temos que liderar através dos exemplos, ouvir todas as vozes. Temos que ser responsáveis e íntegros em tudo o que fazemos. Não é sempre muito fácil respeitar esses princípios. Mas temos que dar o exemplo", disse Blatter. "Temos que carregar essa tocha de honestidade, responsabilidade e respeito. Se não o fizermos, não seremos respeitados", adicionou o presidente.

O processo seletivo que deu ao Qatar o direito de organizar o Mundial de 2022 foi repleto de denúncias de compra de votos. A mais recente foi a publicação pelo jornal britânico "Sunday Times" de que um ex-alto dirigente de futebol do país gastou US$ 5 milhões (R$ 11,1 milhões) para conseguir o apoio à candidatura. O presidente de comitê de ética da Fifa, Michael Garcia, já encerrou as investigações sobre o caso. O teor do seu relatório, no entanto, só será divulgado depois da Copa do Mundo.