Esportes

Felipão mantém time, e seleção faz o melhor treino desde a apresentação

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Felipão mantém time, e seleção faz o melhor treino desde a apresentação
fonte: Foto: Arquivo
Felipão mantém time, e seleção faz o melhor treino desde a apresentação

TERESÓPOLIS, SP - Se ninguém se machucar nos treinos que acontecerão nestas terça-feira (10) e quarta-feira (11), a seleção brasileira está escalada para enfrentar a Croácia na abertura da Copa do Mundo, na quinta-feira (12).

continua após publicidade

Como prometeu após a vitória no amistoso contra a Sérvia, na sexta-feira (6), Luiz Felipe Scolari manteve seu time-base no treinamento coletivo desta segunda-feira. E a equipe fez o melhor treinamento desde que se apresentou para o Mundial, dia 26 de maio. Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar; Hulk, Fred e Neymar começaram no time titular o treinamento, o mais longo até agora -durou 66 min, e foi por isso que Felipão cancelou um treino que aconteceria pela manhã, para poupá-los para o trabalho "pesado" da tarde.

Oscar, que não vinha treinando bem e também havia ido mal nos testes ante Panamá e Sérvia, treinou bem, dando até um preciso passe para gol de Hulk. David Luiz, Neymar, Fred e Marcelo também fizeram gols. Felipão parou o treinamento diversas vezes, mas foram menos broncas do que nos coletivos anteriores, duas, para corrigir marcação nas costas do lateral esquerdo Marcelo. O treinador insistiu em treinar as jogadas em cobranças de escanteio e faltas laterais, tanto ofensivamente quanto defensivamente. O jogo aéreo, no entender de Felipão um problema a ser corrigido, foi treinado com exaustão. E já mostrou melhoras, com David Luiz até marcando de cabeça (ele nunca fez um gol pela seleção em jogos oficiais).

continua após publicidade

Neymar deu um susto logo no início, ao torcer o tornozelo em um lance sozinho. Mas ficou pouco tempo caído, levantou e seguiu treinando normalmente. Na segunda parte do coletivo, Felipão poupou Fred, colocando Jô no time titular e Robert, 17, meia-atacante do Fluminense convocado para subir a serra para completar o coletivo, entrou para os reservas.

Também testou uma nova formação bem ao final do treino, ao sacar Oscar e colocar Henrique como primeiro volante -em função parecida com a que Edmílson jogava na seleção em 2002, quando Felipão era o treinador na Copa do Japão e da Coreia do Sul e o Brasil foi campeão. No time reserva entrou outra revelação do Fluminense, o zagueiro Wellington Carvalho, 21. Ao final do treino, quase todos os jogadores foram até a grade que separa o centro de treinamento da CBF de um condomínio para dar autógrafo aos torcedores. Duas mulheres, integrantes de uma banda de funk, pularam a cerca para tentar abraçar os atletas, mas foram contidas pelos seguranças.