Esportes

Felipão confirma Neymar e diz "não vai poupar ninguém contra Sérvia"

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Felipão confirma Neymar e diz "não vai poupar ninguém contra Sérvia"
Felipão confirma Neymar e diz "não vai poupar ninguém contra Sérvia"

Destaque da vitória do Brasil por 4 a 0 sobre o Panamá, nesta terça-feira, no Serra Dourada, em Goiânia, o atacante Neymar não será poupado do amistoso da próxima sexta-feira, contra a Sérvia, em Goiânia. Quem confirmou a informação foi o técnico Luiz Felipe Scolari em coletiva de imprensa logo após o triunfo sobre os panamenhos. Na opinião do treinador, o camisa 10 já está "descansado". 

continua após publicidade

- Não vai ser poupado. Estava sendo no time dele, porque estava machucado. Tanto que hoje, mesmo com o cartão que recebeu, deixei em campo 90 minutos, porque ele precisa de ritmo, precisa jogar. A não ser que aconteça alguma coisa nos dias que faltam para o jogo. A cada dia ele tem uma jogada diferente, improvisa, é muito rápido, muito ágil. A cada dia o treinador vai se surpreender com uma coisa nova. 

O comandante revelou ainda que outros 22 atletas também estarão na partida diante da equipe da Sérvia. 

continua após publicidade

- Nenhum no jogo de sexta-feira. Nenhum será poupado. Os que estão na Granja estarão em condições. E a ideia é colocarmos 100% da equipe que poderá iniciar o primeiro jogo com a Croácia, vamos ver o que acontece nos treinamentos. 

Felipão orienta a Seleção na goleada sobre o Panamá (Foto: Heuler Andrey / Mowa Press)

continua após publicidade

O treinador também fez uma avaliação do triunfo sobre os panamenhos. Gostou da atuação na maior parte do jogo, principalmente no segundo tempo. Questionado se a equipe atingiu o mesmo patamar das Confederações, Felipão preferiu não entrar em detalhes.  

- Falta, não sei dizer quantos por cento. Eu gostei do segundo tempo, acho que teve muito mais movimentação, posse de bola, mais acerto nos passes e muito mais agilidade. Gostei dos 25 finais do primeiro tempo e de todo o segundo tempo. 

Felipão também comentou os lances mais ríspidos da partida, principalmente uma falta de David Luiz que ocasionou um cartão amarelo. Além disso, o treinador falou de como Neymar vai superar os lances mais violentos nas partidas.  

continua após publicidade

- Futebol não existe entrar molezinho. Foi normal a falta do David, a falta no Neymar, é normal entrar um pouco mais forte. Às vezes não tem como tirar o pé. No caso do Neymar, se os adversários o provocarem, cometerem faltas, quem tem que tomar conta disso é o juiz. Esperar que as arbitragens saibam discernir – disse o treinador, revelando que o comentarista de arbitragem da TV Globo, Arnaldo Cezar Coelho deu uma palestra aos jogadores sobre a arbitragem em Copas do Mundo. 

Confira abaixo os principais trechos da entrevista de Felipão: 

continua após publicidade

20 MINUTOS 

- O Panamá compactava, fechava, 4-4-2, e nós não tínhamos alternativa. Eu busco alternativa com um zagueiro para sair com a bola dominada, e não estava acontecendo. O David tinha uma dificuldade por causa do joelho e o Dante não saía. Ficávamos trocando bola, Dante, Luiz Gustavo, Ramires, e ficamos sem condição de trabalhar no meio. Quando o Oscar trocou com o Ramires, arrumou o setor um pouco do meio para frente, e aí começamos a criar alguma coisa. Agora, quem joga com duas linhas de quatro, fechado lá atrás, até o primeiro gol, dificulta. Depois, abre. 

EVOLUÇÃO 

continua após publicidade

- Minha preocupação continua, mas não no mesmo nível do treino de domingo. Luiz Gustavo teve posicionamento de volante-volante, e aquilo foi preciso. Força e determinação na marcação, O Hernanes também entrou bem. Não demos o contra-ataque ao adversário, que tinha condição de fazer um, dois gols. Se não dermos essas oportunidades, podemos ganhar de qualquer equipe. Falta uma semana e meia, e eu digo "calma, que a gente vai chegar". Hoje razoavelmente foi aplicado. Falta um pouquinho ainda. Estou cobrando sempre mais porque é a função do técnico, mas às vezes tem que entender que não é o momento. 

WILLIAN 

- Foi bem, ele é muito ágil, busca a bola. Deverá ser muito útil nos sete jogos que temos pela frente na Copa do Mundo. 

continua após publicidade

OSCAR 

- No lugar do Oscar pode jogar o Willian, pode jogar o Ramires. Pode ser o Hernanes numa posição mais para frente. Então tem sempre um ou outro que pode substituir o Oscar. O Oscar foi bem também, espero que nasça sua menina até o fim de semana para ele ficar tranquilo e jogar tudo o que pode, tudo que sabe. 

COBRANÇA DE FALTA 

A bola parada é uma arma de qualquer time. 50% dos jogos são decididos em bola parada, escanteio, falta. Temos que aprimorar e usar mais. 

VIRTUDE 

Não, dentro da projeção que a gente fez, do trabalho, da recuperação dos jogadores, o normal era enfrentar uma seleção que tivesse um pouco menos de potencial do que uma seleção mais forte. Porque os jogadores ainda não se encontram prontos. São três meses que a gente não treina, não joga, não se encontra, e em sete dias não dá para fazer tanta coisa assim. Eu acho que o teste valeu a pena, sim, e agora é continuar no mesmo ritmo até sexta e até o jogo da Croácia, quando vamos estar em nível bem melhor.

CONFIANÇA 

Se eu não tivesse pensado nisso, não teria dado aquela bronca no domingo. Quando não está uma maravilha, eu falo. Muitas vezes não falo aqui, mas falo para eles lá dentro. Temos que ganhar mais oito jogos se quisermos ser reconhecidos, fazer história. Vamos ter dois palestrantes espetaculares lá na nossa concentração, que vão mostrar situações maravilhosas. Arnaldo Cezar Coelho já mostrou como se apita na Copa do Mundo, para que eles conhecessem esses detalhes.