Esportes

Felipão anuncia programação com só uma folga até Copa

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Felipão anuncia programação com só uma folga até Copa
fonte: Foto: arquivo
Felipão anuncia programação com só uma folga até Copa

Os 23 jogadores convocados por Luiz Felipe Scolari terão uma sequência intensa de trabalho a partir do dia 26, data da apresentação do elenco na Granja Comary, em Teresópolis. Pela programação divulgada pelo treinador nesta quarta-feira, os atletas terão apenas um dia de descanso até a estreia do Brasil na Copa do Mundo, no dia 12 de junho.

Serão 12 dias seguidos de trabalho na concentração da seleção brasileira, entre exames médicos, avaliações físicas, treinos, entrevistas coletivas e viagens para os dois amistosos de preparação para o Mundial - contra o Panamá, em 3 de junho, em Goiânia, e contra a Sérvia, no dia 6, em São Paulo.

Os dois primeiros dias de concentração serão consumidos somente com os exames médicos. No dia 28, os jogadores farão então o primeiro e o segundo treinos, às 9h30 e às 16 horas. Esta sequência será a rotina de trabalhos do elenco, com variação somente à tarde, quando as atividades podem começar mais cedo, às 15h30. As entrevistas serão concedidas após o almoço, às 12h30.

A rotina só será quebrada antes dos amistosos. No dia 1º, a seleção viajará às 20h30 para Goiânia e, no dia seguinte, treinará no Estádio Serra Dourada, às 16 horas. Neste mesmo horário no dia 3 enfrentará a equipe do Panamá. O grupo voltará para o Rio de Janeiro na mesma noite do amistoso.

Isso vai se repetir no jogo com a Sérvia, em São Paulo. Para esta partida, a delegação embarcará na tarde do dia 5, sem tempo para treinos na capital paulista. No dia seguinte fará o amistoso com os sérvios. E retornará para Teresópolis no mesmo dia 6. A programação divulgada vai até o dia 9, três dias antes da estreia do Brasil, justamente no jogo de abertura da Copa.

REUNIÃO - Após confirmar a programação, Felipão realizou mais uma reunião com o estafe da seleção brasileira. Desta vez, o encontro foi com os roupeiros Assis e Barreto e com o analista de desempenho, Thiago Larghi. "Estamos ajustando os últimos detalhes, e dessa vez a reunião foi com o pessoal da rouparia e com o Thiago, para que fique tudo acertado para o início da preparação", explicou o técnico.

Assis e Barreto tem longa história com a seleção. Eles começaram a trabalhar com a equipe há 20 anos, na Copa de 1994. Desde então, participaram da conquista de dois títulos, o do próprio Mundial dos Estados Unidos e a Copa do Japão e da Coreia do Sul, em 2002, na companhia de Felipão.

"Além de serem vencedores e experientes, os dois fazem o seu trabalho, que é muito importante, com o maior prazer e muita vontade. Estamos muito bem servidos na retaguarda", destacou Felipão, que tratou de tranquilizar a torcida quanto à preparação e organização da seleção.

"Nossos torcedores podem ficar tranquilos. Estamos organizando tudo da melhor forma e vamos estar preparados. Ganhar ou perder é uma questão do jogo. Mas nós estaremos prontos, muito organizados e podem ter certeza de que tudo está sendo feito da melhor maneira possível", disse o treinador.

continua após publicidade