Esportes

Kardec diz que faltou carinho do Palmeiras na renovação

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Kardec diz que faltou carinho do Palmeiras na renovação
fonte: Foto: Divulgação
Kardec diz que faltou carinho do Palmeiras na renovação

O atacante Alan Kardec, 25, foi apresentado hoje, em uma concorrida entrevista coletiva no centro de treinamento da Barra Funda, que contou também com a presença do presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, e do diretor de futebol do clube, Rubens Moreno.

continua após publicidade

O centroavante pertencia ao Benfica, de Portugal, mas estava emprestado ao Palmeiras, e foi adquirido pelo São Paulo por 4,5 milhões de euros (algo em torno de R$ 14 milhões), pagos à vista. O contrato dele é válido por cinco anos.

A negociação ocorreu após três tentativas frustradas do Palmeiras em renovar com Kardec e resultou no rompimento de relações entre as atuais gestões dos dois clubes.

continua após publicidade

Durante a coletiva, o jogador respondeu a diversas perguntas sobre a polêmica em torno de sua transação e disse que talvez tenha "faltado carinho" por parte dos dirigentes palmeirenses.


"Oportunidade [de renovar] não faltou. Voltaram duas ou três vezes na proposta que eles mesmos ofereceram. Meu pai ficou com medo e quis ouvir o que outras pessoas tinham para falar. Acabou se tornando uma novela, foi muito desgastante", contou Kardec. "Não vou tentar achar culpados, citar nomes. Haverá a verdade do lado de lá e a verdade do lado de cá, cada um pensa como quiser. Tenho que olhar para frente, mas também reconhecer aquilo que me proporcionaram no Palmeiras. Sou muito grato."

O atacante definiu o período que antecedeu sua saída do time alviverde como "muito difícil". Uma crise de gastrite o tirou dos treinamentos nos seus últimos dias de Palmeiras e fez com que perdesse 4 kg.

continua após publicidade

"Chegava em casa e tentava dormir com a esperança de que no dia seguinte tudo estivesse resolvido. Mas não resolvia nunca. Não conseguia comer, tinha ânsia de vômito. Aquilo gerou um desgaste grande."

No São Paulo, Alan Kardec vestirá a camisa 14, o mesmo número que usava no time rival. Edson Silva, antigo dono da 14, passará a usar a 21. O centroavante só deve estrear pelo São Paulo após a Copa do Mundo, quando a janela de transferência internacional for reaberta.

"Estamos tentando fazer o registro da transferência via Palmeiras para o São Paulo. É uma possibilidade remota, mas vamos fazer o possível para que ele jogue antes", disse Carlos Miguel Aidar, presidente do time tricolor.