Esportes

Felipão minimiza eventual 'divergência' na convocação

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Felipão minimiza eventual 'divergência' na convocação
Felipão minimiza eventual 'divergência' na convocação

Na véspera da convocação para a Copa do Mundo, o técnico Luiz Felipe Scolari se antecipou a eventuais críticas e disse que haverá pouca "divergência" a respeito da lista dos 23 jogadores da seleção brasileira que anunciará nesta quarta, no Rio de Janeiro.

"Não vejo hoje alguma dificuldade depois dessa convocação final, apenas espaço para uma ou outra divergência que poderá acontecer depois de anunciado o nomes dos convocados, o que é normal", minimizou, em entrevista ao site da CBF. "Claro que teremos alguma divergência, mas será mínima", reforçou.

Como comentou na semana passada, Felipão evitou fazer mistério e descartou surpresas na convocação. "Hoje, normalmente, qualquer jornalista que estiver seguindo a seleção, nos amistosos e nas convocações, deverá ter no mínimo um acerto de 21 ou 22 dos 23 jogadores na convocação. Será uma convocação quase que unânime", destacou.

"A gente convoca de acordo com aquilo que a gente entende ser o mais correto na forma como queremos jogar o campeonato mundial. E também de acordo com os pares com o quais a gente trabalha, porque no fim a decisão é tua", afirmou, antes de pedir compreensão ao público para a lista que será divulgada nesta quarta.

"Quando encerrarmos a convocação, o que eu posso solicitar a todos é que possam divergir, sim. Mas que os 23 convocados que vão representar o País tenham toda a confiança e todo o apoio necessário para que eles possam jogar o Mundial e serem grandes campeões", disse o técnico.

COPA DE 2002 - Felipão lembrou que foi no dia 6 de maio de 2002, mesma data desta terça-feira, que anunciara os convocados para a Copa da Coreia do Sul e do Japão, há doze anos. Na ocasião, a lista se tornou polêmica por causa da ausência de Romário. "Lembro de uma controvérsia que existiu na minha convocação, em relação a um determinado nome. Algumas pessoas esperavam pelo nome e na agora ficaram surpreendidas", disse o treinador, sem citar Romário.

"Lembro que, na véspera, fizemos uma última reunião à noite, para revisar tudo, acertar os últimos detalhes. Mantivemos a nossa convicção, de que o trabalho estava na direção certa para conseguir o objetivo maior, que era a conquista do penta", declarou Felipão. A lista de convocados será anunciada a partir das 11h30 desta quarta-feira.

continua após publicidade