Esportes

Ceará vence o Atlético-MG e garante a vice-liderança

Da Redação ·
 Ceará venceu o Atlético-MG pela primeira vez atuando em Belo Horizonte
fonte: Gil Leonardi/Lance Press
Ceará venceu o Atlético-MG pela primeira vez atuando em Belo Horizonte

Na última partida do Mineirão antes das obras para a Copa do Mundo de 2014, o Atlético-MG decepcionou o seu torcedor e foi derrotado pelo Ceará, por 1 a 0, pela sétima rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.
 

continua após publicidade

Com a derrota, o Atlético-MG termina a rodada na zona de rebaixamento. Já o Ceará assegura a vice-liderança do Brasileirão.

continua após publicidade

O Jogo :

Com muitas mudanças, principalmente no setor do meio de campo, o Atlético-MG teve dificuldades para transpor a boa marcação exercida pelo Ceará nos primeiros minutos da partida. Bem postado em campo, a equipe do técnico PC Gusmão não proporcionava espaços e ainda deu mostras que não iria apenas se limitar em marcar o Galo.
 

Aos sete minutos, veio a primeira boa chance de gol da partida. O volante Careca - do Ceará - arriscou finalização defendida pelo goleiro Aranha, que substitui o barrado Marcelo. Logo na lance seguinte, Careca fez lançamento perfeito para Misael, que ganhou de Jairo Campos e cruzou para Washington cabecear com perigo.
 

continua após publicidade

O Atlético-MG seguia dificuldades para avançar sobre a marcação do Ceará. As tabelas de Ricardinho com Tardelli e Muriqui eram impedidas implacável marcação cearense. O Galo além de afunilar suas jogadas pelo lado direito do seu ataque ficou refém do avanço dos seus zagueiros - principalmente Werley - que sem a qualidade suficiente não colaboravam na armação. Já o Ceará seguia perigoso. Aos 21 minutos Oziel finalizou, Aranha espalmou e o novamente o camisa 2 do Ceará chutou, só que desta vez a marcação do Galo afastou.
 

O Atlético-MG apresentou ligeira melhora na parte final da primeira etapa. Aos 34 minutos, Muriqui e Coelho tabelaram e o camisa 2 do Galo finalizou para a boa defesa de Diego. Já aos 44 Ricardinho cobrou falta, Wereley desviou e Diego mais uma vez garantiu o zero no primeiro tempo.
 

Segundo tempo:
 

continua após publicidade

Mais ofensivo. Foi assim que o Atlético-MG voltou para a segunda etapa. Luxemburgo promoveu a entrada do apoiador Wendel para a saída do zagueiro Lima. No entanto, quem quase marcou foi o Ceará. Com sete minutos Ernandes cobrou falta, Careca desviou e Aranha fez a defesa parcial. Na sobra o próprio Carca finalizou e chutou para fora.
 

No minuto seguinte, foi o Ceará que quase marcou. A bola foi atrasada para o goleiro Aranha que chutou nas pernas de Geraldo. O camisa 10 do Ceará ao invés de tentar o drible preferiu cavar uma falta e o goleiro do Galo se recuoperou. Mas logo depois, nada pode ser feito. Aos dez minutos Misael driblou Jairo Campos como bem entendeu e cruzou para Washington só escorar para as redes do Mineirão. 1 a 0 Ceará.
 

continua após publicidade

O Atlético-MG buscou a reação na cobrança de falta de Coelho aos 12 minutos, mas o goleiro Diego fez a defesa. Disposto a evitar a quarta derrota seguida no Brasileirão, Luxemburgo colocou seu time para frente. Saíram Leandro e Ricardinho para as entradas dos atacantes Ricardo Bueno e Neto Berola, este que fez a sua estreia pelo Galo.
 

No entanto, de nada adiantaram as mudanças de Luxa. Desorganizado, o time do Atlético-MG não ameaçou o Ceará e ainda quase sofreu o segundo gol. Erick Flores arriscou de longe e a bola foi no travessão aos 41 minutos. Resultado: quarta derrota seguida do Galo que termina a fase pré-Copa e vice-liderança do Ceará.
 

FICHA TÉCNICA:

continua após publicidade

ATLÉTIOC-MG 0 X 1 CEARÁ

Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data/Hora: 6/5/2010 às 16h (Horário de Brasília)
Árbitro: Célio Amorim (CE)
Auxiliares: Marco Antônio Martins (SC) e Luis Alberto Kallenberg (SC)
Renda/Público: Não divulgados.

Cartões amarelos: Rafael Jataí, Werley, Ricardo Bueno e Diego Macedo (ATL); Anderson, Michel, Oziel e Diego (CEA)
Cartões vermelhos: Rafael Jataí, aos 46'2T (ATL)

Gol: Washington, aos 10'2T(1-0).

ATLÉTICO-MG: Aranha; Campos, Lima (Wendel, intervalo) e Werley; Coelho, Rafael Jataí, Diego Macedo, Ricardinho (Neto Berola, aos 34'2T) e Leandro (Ricardo Bueno, aos 30'2T); Muriqui e Diego Tardelli. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

CEARÁ: Diego; Oziel, Fabrício, Anderson e Ernades; Michel, Careca, João Marcos e Geraldo (Erick Flores, 21'2T); Misael (Tony, aos 38'2T) e Washington (Lopes, aos 30'2T). Técnico: PC Gusmão.