Esportes

Corinthians empata com o Botafogo e mantém a liderança

Da Redação ·
 Lucio Flavio e Elias disputam a bola no Engenhão
fonte: Gilvan de Souza/Lance Net
Lucio Flavio e Elias disputam a bola no Engenhão

Foi no sufoco, apenas no último minuto, mas o Corinthians manteve a liderança do Campeonato Brasileiro, ao empatar com o Botafogo, no Engenhão. O herói da partida foi o zagueiro Paulo André, que aos 47 minutos do segundo tempo fez, de cabeça, o gol que igualou a partida. Com isso, o Corinthians chega a 17 pontos ganhos, mantém a invencibilidade e a ponta da tabela antes da paralisação para a Copa do Mundo.

continua após publicidade

Já o Botafogo foi a nove pontos e continua no bloco intermediário da classificação.

O Corinthians, mesmo jogando fora de casa, começou melhor. Nos primeiros minutos, o time paulista trocou passes no campo de ataque buscando espaços na defesa botafoguense. A primeira boa chegada aconteceu aos 7 minutos, em um chute de fora da área de Bruno César, que passou por cima.

continua após publicidade

Mas não demorou muito para o Botafogo se recuperar e equilibrar a partida e começar a ameaçar o goleiro Felipe, principalmente nas chegadas de Herrera e Caio.

Com o jogo um pouco mais truncado, o Corinthians aproveitou bem um contra-ataque para abrir o placar, aos 30 minutos. Bruno César recebeu de Elias, cortou Fábio Ferreira e bateu rasteiro, de perna direita, para bater o goleiro Jéfferson.

A resposta do time de Joel Santana quase veio dois minutos depois, quando Caio, dentro da équena área, desperdiçou chance incrível e acertou o travessão.

continua após publicidade

Com a vitória parcial por 1 a 0, os corinthianos ganharam uma preocupação para a segunda etapa: Dentinho, no último lance, sentiu a coxa esquerda após uma arrancada, e foi substituido por Defederico, no intervalo. Esta pode ter sido a última partida do atacante com a camisa do Timão, já que ele é um dos atletas mais cotados do elenco para se transferir para a Europa.

Na volta a campo, o time da estrela solitária empatou logo aos 2 minutos, com Renato Cajá aproveitando o rebote de Felipe em chute de Herrera.

Com a igualdade no placar, o jogo ficou aberto, com boas chances criadas pelos dois lados, porém com o Botafogo sempre mais perigoso. Até que a virada veio, aos 27 minutos. Roberto Carlos cobrou falta na barreira, Ralf bobeou e perdeu a bola para Marcelo Cordeiro, que tocou para Renato Cajá impor velocidade. Já próximo a área, eram três botafoguenses contra apenas um corintiano. Cajá então tocou para Lucio Flavio bater de primeira e acertar o ângulo.

continua após publicidade

O Corinthians então passou a pressionar em busca do gol de empate, que manteria a liderança do campeonato antes da parada para a Copa do Mundo. E o gol veio, as 45 minutos, mas não valeu. Roberto Carlos soltou a bomba, mas o árbitro já havia paralisado o lance pegando falta de Iarley.

Dois minutos depois, o gol que valeu. Defederico cobrou escanteio, Paulo André subiu de cabeça e desviou para as redes. Festa da torcida corintiana no Engenhão. No duelo do Alvinegro paulista contra o carioca, o empate ficou com gostinho de vitória para o time de Mano Menezes

continua após publicidade

Na próxima rodada, agora apenas após o fim da Copa do Mundo, o Corinthians enfrenta o Ceará, dia 14/7, no duelo direto pela liderança. O Botafogo enfrenta o Flamengo, também dia 14.

FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO 2 X 2 CORINTHIANS

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (SP)
Data/hora: 06/6/2010 - 16h
Árbitro: Leandro Vuaden (FIFA-RS)
Auxiliares: Paulo Ricardo Conceição (RS) e Julio Cesar Santos (Rs)
Renda/público: R$222.170,00 / 11.292

Cartões amarelos: Roberto Carlos, Paulo André (COR) e Danny Morais, Jefferson (BOT)
Cartões vermelhos: Não houve
GOLS: Bruno César, 30'/1ºT (0-1); Renato Cajá, 2'/2ºT (1-1); Lúcio Flávio, 27'/2ºT (2-1), Paulo André, 47'/2ºT (2-2)

BOTAFOGO: Jefferson, Alessandro, Antônio Carlos (Danny Morais, 12'/2ºT), Fábio Ferreira e Marcelo Cordeiro; Leandro Guerreiro, Sandro Silva, Renato Cajá (Bruno Tiago, 30'/2ºT), Lucio Flavio (Felipe Lima, 38'/2ºT); Caio e Herrera. Técnico: Joel Santana.

CORINTHIANS: Felipe, Jucilei, Paulo André e William Roberto Carlos; Ralf (Tcheco, 29'/2ºT), Elias, Danilo (Paulinho, 19'/2ºT) e Bruno César; Iarley e Dentinho (Defederico, Intervalo). Técnico: Mano Menezes.