Esportes

Atlético-MG cede empate e se despede da luta pelo bi

Da Redação ·
De ressaca com a eliminação da Libertadores, o Atlético-MG volta a campo no domingo (18h30), contra o Goiás (Foto: Arquivo)
De ressaca com a eliminação da Libertadores, o Atlético-MG volta a campo no domingo (18h30), contra o Goiás (Foto: Arquivo)

SÃO PAULO, SP, 1 de maio (Folhapress) - O sonho do Atlético-MG de conquistar o bicampeonato do continente ficou para outro ano. Hoje, o clube mineiro empatou em 1 a 1 diante do Atlético Nacional, da Colômbia, em Belo Horizonte, e foi eliminado da Taça Libertadores de 2014.

No jogo de ida, em Medellín, o Atlético-MG havia perdido de 1 a 0. Por conta disso, a equipe brasileira tinha a obrigação de vencer por dois gols de diferença para avançar na competição. Se vencesse por 1 a 0, obrigaria uma disputa de pênaltis para definir o classificado.

O Atlético-MG abriu o placar aos 19 min do primeiro tempo, com Fernandinho. A definição da classificação aconteceu aos 43 min da etapa final, quando Jefferson Duque igualou o placar e garantiu a permanência do Atlético Nacional na competição.

Diante do estádio Independência lotado, o Atlético-MG fez uma boa atuação no primeiro tempo e deu a impressão que repetiria as vitórias heroicas de 2013. Após o intervalo, o jogo se tornou mais equilibrado e os dois times tiveram oportunidades de marcar.

Na próxima fase, o Atlético Nacional enfrenta o Defensor Sporting, do Uruguai. O primeiro confronto acontece já na próxima semana, em Medellín.

De ressaca com a eliminação da Libertadores, o Atlético-MG volta a campo no domingo (18h30), contra o Goiás. A partida, válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, acontece no estádio Independência, em Belo Horizonte.

 

continua após publicidade