Esportes

Vou estar em ótima condição na estreia, promete Kaká

Da Redação ·
 Em sua primeira entrevista, Kaká tratou de tranquilizar o torcedor brasileiro
fonte: googleimagens.com
Em sua primeira entrevista, Kaká tratou de tranquilizar o torcedor brasileiro

Kaká tratou de tranquilizar o torcedor brasileiro nesta sexta-feira. Em sua primeira entrevista desde que começou a preparação para a Copa, o principal jogador da seleção garantiu que está se recuperando bem da recente contusão muscular que sofreu e prometeu estar em "ótima condição" para a estreia no Mundial da África do Sul, no dia 15 de junho, contra a Coreia do Norte.

continua após publicidade

"Vou estar pronto para a estreia. A lesão já não é mais um incômodo. Estou me soltando cada vez mais nos treinos. E tenho feito o possível para me recuperar, treinando muitas vezes em até três períodos", afirmou Kaká, nesta sexta-feira, durante uma entrevista coletiva de exatos 30 minutos no hotel em que a seleção está concentrada em Johannesburgo.

continua após publicidade

Além da recente contusão muscular na coxa esquerda, que o deixou um mês sem jogar, Kaká enfrentou outros problemas físicos durante a atual temporada. "Esse ano as coisas criaram uma proporção muito grande, mas sempre tive dificuldades durante a carreira e no final tive momentos de muita alegria", lembrou o astro do Real Madrid.

continua após publicidade

Segundo Kaká, sua recuperação está sendo feita dentro do planejamento da comissão técnica da seleção e está indo muito bem. Nesse processo, ele também valorizou sua participação nos 45 minutos iniciais do amistoso da última quarta-feira, quando o Brasil venceu o Zimbábue por 3 a 0. "Foi muito positivo. Consegui fazer as coisas sem dores", contou. "Valeu como teste."

Ele, inclusive, espera uma atuação melhor no próximo amistoso da seleção, que será o último antes do início do Mundial - enfrenta a Tanzânia na segunda-feira. "Vai ser bem melhor", acredita Kaká, já planejando sua evolução futura. "Estarei em ótima condição para uma estreia de Copa (no dia 15 de junho, contra a Coreia do Norte)", revelou.

continua após publicidade

Confiante na sua recuperação física, Kaká também disse estar pronto para assumir a responsabilidade de comandar o time em campo durante a Copa. "Estou pronto para ser um dos líderes dessa seleção, que tem muitos líderes", afirmou o camisa 10 do Brasil, que garantiu não se importar com o número. "A camisa 10 tem uma história impressionante, mas, quando você entra em campo, não lembra do número."

Diante disso, Kaká admitiu que sonha terminar o ano com o prêmio de melhor jogador do mundo, o que já conseguiu em 2007. "Penso em ser o melhor do mundo, mas não é o objetivo principal. Quero ser campeão", avisou ele. "Espero que seja um brasileiro que ganhe como melhor do mundo, pois, assim, o Brasil terá sido o campeão mundial."