Esportes

Deu vontade de rir, diz Massa sobre ordem da Williams

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Deu vontade de rir, diz Massa sobre ordem da Williams
fonte: Foto: Arquivo
Deu vontade de rir, diz Massa sobre ordem da Williams

Bem menos irritado do que estava no último domingo, depois de ter recebido ordens da Williams para deixar que seu companheiro de time, Valtteri Bottas, o ultrapassasse no GP da Malásia, Felipe Massa disse que teve vontade de rir quando ouviu o rádio em Sepang.

"Parecia brincadeira quando ouvi eles usando aquela mesma frase. Para ser sincero me deu vontade de rir", disse o brasileiro no paddock do Bahrein, onde neste domingo será disputada a terceira etapa do Mundial, a partir de meio-dia (de Brasília).

"O que aconteceu não foi certo e se acontecer de novo, na hora errada, vou fazer o mesmo. Sempre fui profissional e quando é a hora certa, não tenho problema nenhum em obedecer as ordens da equipe. Mas na segunda corrida do ano e naquele momento, com os dois carros na mesma estratégia, simplesmente não fazia sentido", completou Massa, que terminou a prova na sétima colocação --Bottas foi o oitavo.

De acordo com o piloto da Williams, nas várias reuniões que aconteceram após o episódio, tanto em pessoa quanto por telefone, o time pediu desculpas a ele e entendeu sua posição naquele momento.

Faltavam cinco voltas quando Massa recebeu o pedido para ceder passagem a Bottas. De acordo com a Williams, a intenção era que o finlandês passasse para tentar superar Jenson Button, que vinha em sexto lugar. Mas Massa acabou não acatando o pedido do time.

continua após publicidade