Esportes

Corinthians enfrenta o Cerro Porteño hoje em SP

Da Redação ·
 O elenco do Timão espera tomar a vitória contra o São Paulo como marco na temporada
fonte: Agências
O elenco do Timão espera tomar a vitória contra o São Paulo como marco na temporada

O Corinthians entra em campo nesta quinta-feira para dar mais um passo rumo à classificação para a próxima fase da Libertadores da América. Contra o Cerro Porteño (PAR), às 19h15 no Pacaembu, os comandados de Mano Menezes buscam a terceira vitória na competição sul-americana deste ano.

continua após publicidade

Após a emocionante vitória corintiana no Majestoso, o Corinthians vai embalado para o confronto ante os paraguaios. O elenco do Timão espera tomar a vitória contra o São Paulo como marco na temporada, assim como aconteceu nas dois últimos anos comandados por Mano Menezes.

Uma série de fracas exibições fizeram com que o Corinthians começasse a ser questionado. Após a derrota para o Paulista, até mesmo Ronaldo foi cobrado por torcedores. Porém, o panorama no Parque São Jorge mudou. A vitória no clássico injetou um ânimo diferente nos corintianos.

continua após publicidade

- Tomara que a reação continue prevalecendo. Toda a equipe que vinha jogando mal, que vence uma partida desse porte jogando bem, ganha moral. Espero que isso aconteça. Estamos motivados, com um novo espírito - disse Elias.

O Corinthians, líder do grupo 1, ainda está invicto na competição. Com duas vitórias e um empate, Mano Menezes busca outro triunfo para ficar mais próximo da classificação.

Já o Cerro Porteño, último colocado do grupo com apenas um ponto conquistado, vem ao Brasil na condição de "tudo ou nada" na Libertadores. Em caso de derrota, a chance de classificação para a fase de mata-mata da competição sul-americana será praticamente nula.

continua após publicidade

Além disso, o treinador Pedro Troglio terá quatro desfalques para enfrentar o Corinthians. David Mendoza e Miguel Torrén, que estão lesionados; Jorge Brítez, que cumprirá suspensão automática após a expulsão no Defensores del Chaco, além de César Ramírez, afastado pela diretoria por declarações polêmicas, permaneceram em Assunção, capital paraguaia.

Entretanto, ainda assim, o Cerro Porteño espera surpreender o Corinthians no Pacaembu.

– Os jogadores, emocionalmente, estão fortes. Faremos um trabalho digno no Brasil. Não nos deem como mortos na Libertadores, estamos mais vivos do que nunca – afirmou o diretor de futebol do clube, Rubén Ramallo.