Esportes

Sob vaias, Atlético-PR derrota o Atlético-GO na Arena

Da Redação ·
 Sob vaias, Atlético-PR derrota o Atlético-GO na Arena
fonte: Agências - imagem ilustrativa
Sob vaias, Atlético-PR derrota o Atlético-GO na Arena

O Atlético Paranaense passou sufoco nos minutos finais, mas conseguiu a primeira vitória no Campeonato Brasileiro, na noite de quinta-feira (27), ao superar o Atlético Goianiense por 2 a 1, na Arena da Baixada, em Curitiba, deixando a zona de rebaixamento para ocupar o 15.º lugar, com 4 pontos.

continua após publicidade

Na próxima rodada, o time do Paraná vai enfrentar o Internacional no Beira-Rio. Apesar da vitória desta quinta, o técnico Leandro Niehues não deverá seguir no comando do time na sequência do campeonato. A diretoria está procurando um profissional com mais experiência para assumir a equipe.

continua após publicidade

O Atlético Paranaense começou o jogo partindo para cima do adversário. Com boas atuações dos meias Paulo Baier e Branquinho, a bola estava constantemente no ataque, apesar de os atacantes não conseguirem finalizações mais perigosas. Se não conseguia na bola corrida, Paulo Baier aproveitou uma cobrança de falta, aos 19 minutos, para colocar o time da casa à frente no placar.

continua após publicidade

Após levar o gol, o Atlético Goianiense saiu para o ataque, conseguindo entrar com facilidade na defesa adversária, mas esbarrando no goleiro Neto. Os donos da casa foram mais eficientes e, no contra-ataque, chegaram ao segundo gol, aos 33 minutos. Wagner Diniz livrou-se de dois adversários e mandou um chute forte vencendo o goleiro Edson. No grito da torcida, o Paranaense foi para a pressão, exigindo muito do goleiro.

Os visitantes voltaram com mais poder ofensivo para o segundo tempo, e, apesar de Keninha ser expulso aos 11 minutos, era quem mais forçava em campo. O Atlético Paranaense preferia tocar a bola no meio de campo. Aos 27, Wagner Diniz foi expulso ao cometer pênalti, convertido com segurança por Elias.

continua após publicidade

Com a saída de Paulo Baier, que estava cansado, e de Branquinho, por opção do treinador, o Atlético Paranaense perdeu o controle do meio-de-campo e acabou o jogo sofrendo muita pressão do adversário e sob protestos dos torcedores, que não pouparam o treinador.

continua após publicidade

A derrota deixou o Atlético Goianiense com apenas um pontos, na 19.ª e penúltima colocação da tabela, à frente apenas do rival Goiás. Os dois times goianos disputarão o clássico local no domingo, no Serra Dourada, pela quinta rodada.

continua após publicidade

Ficha Técnica:

Atlético-PR 2 x 1 Atlético-GO

continua após publicidade

Atlético-PR - Neto; Manoel, Rhodolfo e Chico; Wagner Diniz, Valencia, Branquinho (Lisa), Paulo Baier (Netinho) e Márcio Azevedo; Bruno Mineiro (Tartá) e Alex Mineiro. Técnico: Leandro Niehues.

continua após publicidade

Atlético-GO - Edson; Márcio Gabriel, Welton Felipe, Jairo e Chiquinho; Ramalho (Boka), Pituca, Robston e Keninha; Marcão (Elias) e Juninho. Técnico: Geninho.

continua após publicidade

Gols - Paulo Baier, aos 19, e Wagner Diniz, aos 33 minutos do primeiro tempo. Elias (pênalti), aos 27 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Márcio Azevedo, Valência (Atlético-PR); Welton Felipe, Chiquinho, Ramalho, Márcio Gabriel, Elias (Atlético-GO).

continua após publicidade

Cartões vermelhos - Wagner Diniz (Atlético-PR); Keninha (Atlético-GO).

Árbitro - Cláudio Mercante (PE).

Renda - R$ 110.235,00.

Público - 10.051 pagantes.

Local - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).