Esportes

Neymar faz 3 e Brasil goleia a África do Sul

Da Redação ·
Neymar faz 3 e Brasil goleia a África do Sul - Foto: www.lancenet.com.br
fonte:
Neymar faz 3 e Brasil goleia a África do Sul - Foto: www.lancenet.com.br

SÃO PAULO, SP, 5 de março (Folhapress) - A seleção brasileira não teve grandes dificuldades para golear a África do Sul hoje, por 5 a 0, em Johannesburgo, no último amistoso antes da convocação para a Copa do Mundo.

Contra um adversário frágil, o Brasil venceu com gols de Oscar, Neymar (três vezes) e Fernadinho, uma das novidades do técnico Luiz Felipe Scolari no time titular.

A partida serviu para o treinador fazer as suas últimas observações antes da convocação para o Mundial, no dia 7 de maio, no Rio. A Copa começa em 12 de junho, com a partida entre Brasil e Croácia.

O lateral direito Rafinha, do Bayern de Munique, e o volante Fernandinho, do Manchester City, foram os principais atletas observados pelo treinador. O primeiro ocupou a vaga de Daniel Alves, nome praticamente garantido na Copa, enquanto o segundo entrou no lugar de Luiz Gustavo, outro jogador com posto quase certo.

Segundo o treinador, 90% a 95% da lista para a Copa já está pronta. Fernadinho luta por uma vaga com Lucas, do Liverpool, enquanto Rafinha briga com Maicon, da Roma.

O jogo

Os olhos de Felipão estavam voltados, sobretudo, para Fernandinho e Rafinha. Mas quem brilhou realmente foram jogadores com cadeira cativa na seleção. O Brasil abriu o placar aos 9min do primeiro tempo, quando Oscar recebeu um lançamento de Hulk e tocou com categoria na saída do goleiro Williams.

O Brasil nem se esforçou muito. A África do Sul exigiu pouco. Júlio César não fez uma defesa difícil sequer durante toda a primeira etapa. Em seu ritmo, a seleção parecia ciente de que o segundo gol sairia com a mesma tranquilidade que conseguia trocar passes no meio de campo.

Neymar teve a primeira chance para deixar a sua marca aos 22min, quando recebeu um passe em profundidade, mas parou em Williams. Aos 31min, em jogada semelhante, esbarrou novamente no goleiro adversário.

Na terceira tentativa, o atacante do Barcelona não perdoou. Aos 40min, recebeu um passe pelo meio, puxou para a esquerda e chutou forte da entrada da área para marcar. A bola passou pelo meio das pernas de Williams.

No intervalo, Felipão fez três alterações: colocou William, Ramires e Luiz Gustavo nos lugares de Hulk, Oscar e Paulinho. A África do Sul não teve chance nem de assimilar as mudanças feitas pelo treinador, porque antes mesmo do primeiro minuto do segundo tempo, Neymar recebeu um passe em profundidade e tocou por cima do goleiro para fazer o terceiro gol.

Com o jogo resolvido, Felipão continuou a fazer os seus testes. Aos 13min, por exemplo, colocou Daniel Alves no lugar de Marcelo para ver como o lateral direito se comportaria na esquerda.

Rafinha continuou intacto na sua posição. Assim como Fernandinho, que também jogou por 90 minutos e saiu premiado com um gol. Aos 33min, ele acertou um chute forte de fora da área e não deu chances para o goleiro adversário.

Ainda teve tempo para Neymar fechar o placar. Aos 45min, após lançamento de Daniel Alves, Jô ajeitou de cabeça e o atacante do Barcelona chegou dividindo com o goleiro para marcar seu terceiro gol na partida.

A partida serviu até para Júlio César, que agora atua pelo Toronto FC, do Canadá, mostrar que está com os reflexos em dia. Aos 18min, praticou uma difícil -e única- defesa num chute de Patosi.



ÁFRICA DO SUL

Williams; Ncongca, Matlaba, Khumalo (Xulo) e Nthethe; Furman, Jali (Zungu), Serero e Claasen (Ndlovu); Parker (Patosi) e Rantie (Manyisa). Técnico: Gordon Igesund



BRASIL

Julio Cesar; Rafinha, David Luiz (Dante), Thiago Silva e Marcelo (Daniel Alves); Fernandinho, Paulinho (Luiz Gustavo), Hulk (Willian) e Oscar (Ramires); Neymar e Fred (Jô). Técnico: Luiz Felipe Scolari



Estádio: Soccer City, em Johannesburgo

Árbitro: Antonio Caxala (Angola)

Gols: Oscar, aos 9min, e Neymar, aos 40min do primeiro tempo. Neymar, a 1min e aos 45min, e Fernandinho, aos 33min do segundo tempo.

Cartão amarelo: Ramires (B)
 

continua após publicidade