Esportes

Barão e Aldo vencem e seguem com cinturões do UFC

Da Redação ·
 Barão e Aldo vencem e seguem com cinturões do UFC
fonte:
Barão e Aldo vencem e seguem com cinturões do UFC


Após as recentes derrotas de Anderson Silva e Junior Cigano, os lutadores brasileiros conseguiram preservar os dois cinturões que possuem no UFC, a maior organização de artes marciais mistas do mundo. Na noite de sábado, Renan Barão e José Aldo venceram suas lutas pelo UFC 169, realizado em Newark, nos Estados Unidos, e seguem com os títulos dos pesos galo e pena, respectivamente.

Na principal luta do evento, Barão derrotou o norte-americano Urijah Faber, na repetição da luta de julho de 2012, quando o brasileiro faturou o cinturão interino do peso galo. Dessa vez, nova vitória de Barão, numa luta definida com apenas 3min42 do primeiro round, por nocaute técnico, com uma série de socos do brasileiro.

Após um começo estuado, Barão acertou um potente soco de direita que derrubou Faber. O brasileiro, então, disparou uma série de socos, que só foi interrompida pelo árbitro, o que irritou o norte-americano, que alegou ter condições de prosseguir no combate.

"O Urijah é um cara duro, resistente, mas confiei na minha mão. Só tenho a agradecer a todos que me ajudaram, BJ Penn, Acelino Popó e a todos da Nova União. Treinei muito forte todos os dias, sai de perto da minha família, da minha zona de conforto, e fui para o Rio treinar forte. Vou buscar sempre o nocaute e a finalização", comentou Barão.

Já José Aldo teve êxito na sexta defesa de cinturão do peso pena, dessa vez diante do norte-americano Ricardo Lamas. O brasileiro teve controle da luta, definida por decisão unânime dos árbitros. Todos os três apontaram o placar de 49 a 46 favorável a Aldo.

O brasileiro disparou muitos chutes nas pernas de Lamas e celebrou a sua vitória. "Ele me surpreendeu. Pegou vários chutes na perna dele e ele não sentiu. O Lamas é um grande lutador e fez por merecer. Mas estava bem tranquilo e no final segurei a luta", comentou Aldo.

Outro brasileiro a fazer parte da programação principal do UFC 169, John Lineker perdeu para o russo Ali Bagautinov, pelo peso mosca, por decisão unânime dos árbitros - dois deram o placar 29 a 28 e outro apontou 30 a 27.

Já na programação preliminar, no peso leve, Alan Nugget derrotou o canadense John Makdessi por decisão unânime - dois árbitros apontaram o placar 29 a 28 e outro definiu a vitória do brasileiro como 30 a 27.

O próximo evento do UFC será realizado no dia 15 de fevereiro, na cidade de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina. Em uma programação recheada de lutadores brasileiros, a principal luta da noite será entre o brasileiro Lyoto Machida e o armênio Gegard Mousasi.

continua após publicidade