Esportes

Novidade de Mano, Rodriguinho fala em alimentar ataque

Da Redação ·
Novidade de Mano, Rodriguinho fala em alimentar ataque
Novidade de Mano, Rodriguinho fala em alimentar ataque


Por Alex Sabino

SÃO PAULO, SP, 16 de janeiro (Folhapress) - Douglas foi para o banco. Renato Augusto faz pré-temporada especial para evitar contusões e está fora da estreia no Campeonato Paulista, domingo, contra a Portuguesa. A principal novidade do Corinthians de Mano Menezes, até agora, é a presença de Rodriguinho no meio de campo.

Uma das poucas mudanças porque a escalação é muito parecida com a da era Tite. O esquema tático também. Guerrero é o único atacante, apoiado por dois meias que caem pelas laterais.

"Todo mundo tem de marcar. Todo mundo joga e todo mundo marca. É parecido, mas cada treinador tem o seu jeito de trabalhar", afirma Rodriguinho.

Contratado em outubro do ano passado, o meia que estava no América-MG fez sete jogos no último Campeonato Brasileiro pelo Corinthians. Não marcou nenhum gol.

Pelo menos diante da Lusa, ele terá papel-chave para que a equipe crie mais oportunidades. A principal crítica ao time de 2013, especialmente no segundo semestre, era a incapacidade de fazer gols. Rodriguinho tem se deslocado pelo setor esquerdo nos treinos, fazendo jogadas com Danilo e Uendel.

"Eu tenho de alimentar o ataque para que a gente possa finalizar. Para que a gente possa concluir mais em gol, isso tem de acontecer. Eu vim para cá por causa da característica de chutar bem de fora da área. Preciso manter isso", acredita, em seguida, ingenuamente, deixando escapar que raça, um dos componentes mais valorizados pela torcida corintiana, não é seu forte.

"Precisa também ter muita disposição, o que não é minha característica. Mas a gente vai fazer de tudo para agradar".

Na opinião do próprio jogador, ele está se beneficiando por ter chegado no final do ano passado, em vez de ter esperado até o início de 2014, como poderia ter acontecido.

"Consegui me entrosar antes. O Renato Augusto vai voltar logo e tenho algumas partidas para colocar a dúvida na cabeça do treinador", conclui.
 

continua após publicidade