Esportes

'Espero que a Ferrari sinta falta de mim', diz Massa

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia 'Espero que a Ferrari sinta falta de mim', diz Massa
'Espero que a Ferrari sinta falta de mim', diz Massa


Após oito anos defendendo a cores da Ferrari nas pistas da Fórmula 1, Felipe Massa não esconde a gratidão pela equipe italiana. O piloto brasileiro costuma exaltar os momentos vividos na escuderia, as amizades construídas na sede em Maranello e os bons resultados que alcançou nesse período. E também admite que espera ver a Ferrari sentindo sua falta no futuro.

"Espero que sim", disse o brasileiro, um pouco constrangido, ao ser questionado se acredita que a Ferrari vai sentir a sua falta no futuro. Massa, contudo, não se estendeu no assunto e evitou fazer projeções sobre a nova dupla da equipe: o finlandês Kimi Raikkonen foi contratado para ser o novo companheiro do espanhol Fernando Alonso a partir da próxima temporada.

Massa prefere manter o tom diplomático ao falar sobre a equipe que defenderá pela última vez no GP do Brasil, neste domingo, em Interlagos. "Não tenho nada a reclamar. Tivemos um bom tempo juntos e espero que eu tenha um futuro fantástico em uma equipe diferente. E desejo o mesmo à Ferrari. Tive zero frustração em minha vida e acho que esse é o caminho", afirmou.

Mesmo ficando em segundo plano nas últimas temporadas, quando todas as atenções internas estavam voltadas para Alonso, Massa guarda boas lembranças da sua trajetória na escuderia italiana. "Sei que correr pela Ferrari é um sonho para todos os pilotos. Torcia pela equipe desde a infância", revelou o brasileiro, que também teve o alemão Michael Schumacher e Raikkonen como companheiros.

Agora, o brasileiro de 32 anos espera retomar seus melhores momentos na categoria vestindo o azul do uniforme da Williams a partir do próximo ano. "Estou muito feliz e ansioso pelo meu futuro na Williams. Acho que ainda tenho muito a fazer na Fórmula 1", declarou Massa.

continua após publicidade