Esportes

Bernardinho elogia condição do Brasil antes de estreia

Da Redação ·
Origem da imagem: Agências
Origem da imagem: Agências

Sempre exigente com os seus comandados, Bernardinho exibiu satisfação com a condição física e técnica dos jogadores da seleção brasileira masculina de vôlei antes da estreia na Copa dos Campeões, nesta terça-feira, às 5h10 (horário de Brasília), contra o Irã, em Kyoto, no Japão.

O treinador admite que usará a competição de tiro curto para testar alguns jovens valores convocados, como o oposto Evandro e o ponteiro Lucas Loh, novidades que esperam começar a ganhar espaço no time nacional. Ao mesmo tempo, o comandante lembrou que a seleção terá diferentes atletas no papel de líderes dentro de quadra, tendo em vista a ausência de alguns medalhões nesta edição do torneio.
 

continua após publicidade
confira também



"Estamos sem alguns veteranos como Murilo, Dante e Leandro Vissotto, e vieram alguns jogadores um pouco diferentes, mas interessantes. Sem esses atletas, outros estão ocupando a função de liderança como Sidão, Lucão e Bruno. O Lucarelli também é um jovem destaque. Temos jogadores muito bons ocupando esse papel em quadra. Além disso, esse é um campeonato importante para avaliarmos os jogadores", disse Bernardinho.

O Brasil é o atual campeão da Copa dos Campeões e, antes do título de 2009, quando ocorreu a última edição do torneio, também levantou a taça em 1997 e 2005. Finalista das cinco edições da competição, a seleção espera colher frutos de uma preparação que começou em Saquarema (RJ), no CT da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), e depois passou por Istambul, na Turquia, antes de ser finalizada no Japão.

"Temos um grupo muito interessante. O Wallace sentiu uma dor nas costas enquanto estávamos na Turquia e ficou dois dias sem treinar, mas, fora isso, as condições são boas, estão todos íntegros e treinando bem. Tivemos 10 dias de treinamento, que é pouco para um campeonato importante, mas a equipe está bem", avisou Bernardinho.

Após encarar o Irã, o Brasil terá pela frente Estados Unidos, Japão, Rússia e Itália nesta Copa dos Campeões. Vice-campeão da Liga Mundial e campeão sul-americano nesta temporada, o time nacional veio para esta edição da competição com os levantadores Bruno e Raphael, os opostos Wallace e Evandro, os centrais Lucão, Sidão, Éder e Maurício Souza, os ponteiros Thiago Alves, Lucarelli, Maurício Borges, Lipe e Lucas Loh e o líbero Mário Jr.