Esportes

Tite ensaia despedida ao melhor estilo: com empate

Da Redação ·
 Tite conversa com jogadores no fraco empate diante do Vasco Miguel Schincariol / Gazeta Press
fonte:
Tite conversa com jogadores no fraco empate diante do Vasco Miguel Schincariol / Gazeta Press

O Corinthians recebeu o desesperado Vasco, que briga contra o rebaixamento, no Pacaembu, neste domingo (17), e empataram em 0 a 0 num jogo sonolento e sem emoção alguma. O Corinthians perdeu a chance de se aproximar do G-4 e viu o sonho da Libertadores se esvair. Já o Vasco vê a segunda divisão cada vez mais perto, e aparenta não ter mais forças para se reerguer.

continua após publicidade

O primeiro tempo não teve nenhuma chance clara de gol, embora o Corinthians tenha controlado a partida por inteiro. O Vasco bem que tentou nos contra-ataques, mas sem sucesso e oportunidade de passar pela forte marcação corintiana. Aos 7 minutos, a primeira chance do jogo, com o meio-campista Douglas, de falta. O jogador pegou bem na bola, mas ela subiu um pouco, passando perto do gol vascaíno. Logo depois, aos 9 minutos, outra boa oportunidade, desta vez com Romarinho. Após tabela com Emerson, Edenilson avançou pela lateral, e cruzou para o atacante Romarinho que, sozinho, pegou mal na bola e a desviou para o meio da grande área, sem perigo para o goleiro Alessandro. Com 16 minutos de partida, a primeira baixa corintiana. Alessandro sentiu fortes dores na coxa direita e teve de sair, dando lugar ao jovem lateral Igor.  

Em seguida, após cruzamento do zagueiro Paulo André, o meio-campo Renato Augusto, improvisado como centroavante no ataque, desviou a bola, assustando Alessandro. Em um dos poucos contra-ataques vascaínos, Marlone levou a bola pela lateral-direita do ataque carioca, e assustou o goleiro Walter após cruzar rasteiro na área e ver a bola passar por todo mundo até sair pela linha de fundo.  

continua após publicidade

O segundo tempo foi igual ao primeiro tempo, sem emoção alguma. O Corinthians dominou a partida, o Vasco tentou nos contra-ataques, mas sem nenhum lance perigoso. Aos 10 minutos de jogo, após lindo lançamento de primeira de Douglas, Emerson Levou a bola pela linha de funda da lateral direita do ataque corintiano e chutou cruzado, passando perto da trave esquerda do gol de Alessandro. Depois deste lance a partida ficou sonolenta, pior que o primeiro tempo. O técnico Adilson Batista, apesar de por a equipe toda para a frente, não conseguiu assustar a defesa corintiana, muito menos o goleiro Walter, que não teve trabalho algum durante os 90 minutos.