Esportes

Paulo André reconhece queda de rendimento

Da Redação ·
Embora reconheça que o desempenho do Corinthians no segundo semestre esteja muito abaixo do esperado, o zagueiro Paulo André discorda que 2013 tenha sido um ano perdido - Origem da imagem: esportes.r7.com
fonte:
Embora reconheça que o desempenho do Corinthians no segundo semestre esteja muito abaixo do esperado, o zagueiro Paulo André discorda que 2013 tenha sido um ano perdido - Origem da imagem: esportes.r7.com

SÃO PAULO, SP, 30 de outubro (Folhapress) - Embora reconheça que o desempenho do Corinthians no segundo semestre esteja muito abaixo do esperado, o zagueiro Paulo André discorda que 2013 tenha sido um ano perdido para o clube.

"Pelo elenco e pelo investimento feito, produzimos aquém da nossa capacidade, mas não desprezo os dois títulos. Alguns times não ganharam nada. Eu particularmente discordo da desgraça que estão apontando por aí", disse o jogador em entrevista coletiva ocorrida hoje no CT Joaquim Grava.
 

continua após publicidade
confira também



Depois da conquista do Campeonato Paulista e da Recopa, o time alvinegro não conseguiu engrenar no Brasileiro, foi desclassificado pelo Grêmio nas quartas de final da Copa do Brasil e tem chances mínimas de jogar a Libertadores em 2014. Apesar disso, Paulo André ainda não jogou a toalha.

"Eu vou até o fim. Enquanto houver chances matemáticas de chegar à Libertadores, vou tentar. E acho que essa é a postura de todo o grupo." Com 41 pontos na 12ª colocação, o Corinthians está a 11 pontos do Atlético-PR, primeiro do G-4 (faltam apenas sete jogos para o fim do Nacional).

Segundo o zagueiro, inúmeros fatores contribuíram para a queda do rendimento corintiano, como as saídas dos campeões mundiais Paulinho, Chicão e Jorge Henrique. Por outro lado, alguns jogadores que foram contratados para repor tais perdas sofreram com lesões e desfalcaram a equipe em diversas partidas.

"Muitas coisas foram tentadas e poucas deram certo. Mas, depois de três anos, temos que ter crédito. É normal e é humano passar por um momento de dificuldade, de baixa", opinou.

A desclassificação na Copa do Brasil deu ao Corinthians uma "folga" durante a semana. O time só joga no próximo domingo, às 17h, contra o Vitória fora de casa. Enquanto isso, aproveita a brecha na agenda para dedicar-se aos treinamentos.

Na manhã de hoje, o elenco alvinegro realizou apenas trabalhos físicos no gramado e nas dependências internas do CT. Os jogadores voltam a treinar na parte da tarde, porém, com portões fechados à imprensa.