Esportes

Blatter faz acordo e Togo poderá disputar Copa Africana

Da Redação ·

A seleção de Togo está liberada para disputar as duas próximas edições da Copa Africana de Nações após o presidente da Fifa, Joseph Blatter, mediar um acordo e cancelar a suspensão imposta pela Confederação Africana de Futebol (CAF).

continua após publicidade

O presidente da CAF, Issa Hayatou, irá agora solicitar o cancelamento da suspensão para o comitê executivo da confederação, em reunião que será realizada em 15 de maio.

continua após publicidade

"Estou muito satisfeito por encontrarmos uma solução satisfatória para todas as partes. O sucesso obtido hoje (sexta-feira) vale para toda a comunidade do futebol, em particular para o futebol africano", comemorou Blatter.

continua após publicidade

Em janeiro deste ano, poucos dias antes do início da competição continental em Angola, a delegação de Togo estava em um ônibus quando foi metralhada por um grupo separatista. O ataque resultou na morte do treinador assistente da seleção, Abalo Amelete, e do chefe de imprensa, Stan Ocloo, além do motorista do ônibus.

Revoltado, o governo togolês chamou os jogadores de volta para o país e Togo desistiu da competição. Alegando interferência política, a CAF suspendeu inicialmente a seleção das duas próximas edições da Copa Africana.

continua após publicidade

Togo recorreu então à Corte Arbitral do Esporte (CAS), que pediu a Blatter para intermediar um acordo. E nesta sexta-feira, o presidente da Fifa conseguiu um acordo entre todos os envolvidos.