Esportes

Cruzeiro goleia Náutico e segue tranquilo na liderança

Da Redação ·
Cruzeiro goleia Náutico e segue tranquilo na liderança - Foto: .goal.com
fonte:
Cruzeiro goleia Náutico e segue tranquilo na liderança - Foto: .goal.com


O Cruzeiro goleou o Náutico por 4 a 1, neste domingo, na Arena Pernambuco, e alcançou a marca de 12 jogos sem perder no Campeonato Brasileiro. Com a 11.ª vitória nos últimos 12 jogos, o time mineiro foi a 59 pontos e manteve em 11 a vantagem para o vice-líder Grêmio. Já para os pernambucanos, o revés interrompeu a reação do clube, que não perdia havia quatro partidas, permanecendo na lanterna com 18 pontos.

Os mineiros saíram na frente depois de muita briga do meio de campo de ambos os lados. Após bonita troca de passes com Éverton Ribeiro, William tentou cruzamento e a zaga do Náutico cortou pela linha de fundo, aos nove minutos. Na cobrança pelo lado direito, Lucas Silva levantou a bola e Ricardo Goulart apareceu na primeira trave para cabecear para o gol, abrindo o placar para o Cruzeiro. O Náutico tentou dar a resposta aos 13, quando Bruno Collaço bateu falta pela direita que entraria no ângulo, mas Fábio defendeu.

Com a vantagem no marcador, o Cruzeiro passou a apostar em contra-ataques com toques de bola curtos e rápidos. Ricardo Goulart, de fora da área, e Borges perderam oportunidades para fazer o segundo depois de jogadas iniciadas pela direita. Pelo Náutico, Maikon Leite alternava os lados no campo para dar opções de jogada, tornando-se a melhor opção do time pernambucano. E foi justamente o atacante que empatou o jogo, aos 28 minutos. Substituto do lesionado Dadá, o venezuelano Angelo Peña enfiou bola pelo meio, o argentino Morales deixou passar e Maikon Leite entrou em diagonal para finalizar de primeira, no canto esquerdo de Fábio.

O Náutico passou a apostar em jogadas pela esquerda, aproveitando a fragilidade defensiva do Cruzeiro no setor. Peña e Collaço finalizaram de longe uma vez cada antes do fim do primeiro tempo, que terminou empatado em 1 a 1.

Sem alterações para a segunda etapa, o Cruzeiro aproveitou a postura mais agressiva do Náutico para fazer o segundo depois duas chances em contra-golpes. Aos quatro minutos, Borges recebeu na área e fez o giro, mas furou. Em seguida, aos sete, Éverton Ribeiro fez mais uma tabela rápida com William e viu ultrapassagem de Ricardo Goulart, que entrou pelo lado esquerdo sem marcação, recebeu o passe e tocou de canhota na saída de Ricardo Berna.

O Náutico sentiu o golpe e o Cruzeiro aproveitou para fazer o terceiro, aos 13 minutos. William fez grande jogada pelo lado esquerdo e foi derrubado na área por Leandro Amaro. Na cobrança do pênalti, Éverton Ribeiro chutou no canto direito de Berna, que - adiantado - quase fez a defesa, mas a bola passou por baixo dos braços dele. Na sequência, Hugo entrou no lugar de Morales, pelo clube pernambucano, enquanto que Dagoberto e Tinga substituíram Borges e Éverton Ribeiro.

Hugo quase marcou em chute pela esquerda, cortando para o meio e batendo para grande defesa de Fábio. Mas foram as alterações de Marcelo Oliveira que deram resultado prático. Depois de longa troca de passes, Dagoberto saiu do lado direito e tocou na entrada da área para Tinga, que enfiou bola para Mayke. O lateral-direito aproveitou corredor deixado pelo atacante, entrando livre para bater cruzado e marcar o quarto do Cruzeiro, aos 31 minutos.

Logo depois, Alisson entrou no lugar do cruzeirense William, enquanto que Marcelo Martelotte trocou Olivera por Marcos Vinicius. Antes do fim do jogo, Lucas Silva ainda perdeu grande chance de ampliar ao cabecear por cima do gol de dentro da pequena área e Dagoberto acertou um chute no travessão.

Na próxima rodada, a 27.ª do campeonato, o Cruzeiro defenderá a invencibilidade de 12 jogos contra o São Paulo, em jogo que será realizado no estádio do Mineirão, às 21h50 de quarta-feira. Já o Náutico atuará de novo na Arena Pernambuco, desta vez contra o Botafogo, no mesmo dia e horário.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO 1 x 4 CRUZEIRO

NÁUTICO - Ricardo Berna; João Filipe, Leandro Amaro, William Alves e Bruno Collaço; Dadá (Angelo Peña), Elicarlos, Derley e Morales (Hugo); Maikon Leite e Olivera (Marcos Vinicius). Técnico: Marcelo Martelotte.

CRUZEIRO - Fábio; Mayke, Bruno Rodrigo, Léo e Ceará; Nilton, Lucas Silva, Éverton Ribeiro (Tinga) e Ricardo Goulart; William (Alisson) e Borges (Dagoberto). Técnico: Marcelo Oliveira.

GOLS - Ricardo Goulart, aos 9, e Maikon Leite, aos 28 minutos do primeiro tempo; Ricardo Goulart, aos 7, Éverton Ribeiro (pênalti), aos 13, e Mayke, aos 31 do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Não houve.

ÁRBITRO - Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

continua após publicidade