Esportes

Robinho diz que não deve desculpas a Luxemburgo

Da Redação ·

A batalha verbal entre Robinho e Vanderlei Luxemburgo teve novos desdobramentos nesta quinta-feira. O jogador do Santos disse que não teve intenção de ofender o treinador do Atlético-MG quando cantou o refrão "Vanderlei, pode esperar, a sua hora vai chegar", no último domingo à noite, durante as comemorações pela conquista do Campeonato Paulista.

continua após publicidade

Ele afirmou não ter motivos para se desculpar e acredita que a chateação do treinador é por outra razão. "Pode ser que ele (Luxemburgo) esteja chateado por estar fora da mídia", retrucou o jogador.

continua após publicidade

Após a derrota por 3 a 1, na quarta-feira à noite, quando o Atlético-MG foi eliminado pelo Santos na Copa do Brasil, Luxemburgo se queixou da ingratidão de Robinho e desenterrou favores que teria prestado ao jogador no passado.

continua após publicidade

"A reação dele me surpreendeu. Não era para tanto. É normal a torcida pegar no pé de um técnico quando ele vai ao estádio do seu ex-clube. Ele interpretou mal e se alguém tem que pedir desculpas é ele. Não vou telefonar porque não devo nada e para mim o assunto está encerrado", acrescentou Robinho.

Apesar de demonstrar desapontamento pela explosão do seu ex-técnico no Santos e no Real Madrid, Robinho também se penitenciou, dizendo que se soubesse que a sua brincadeira iria gerar tamanha confusão não teria feito.

continua após publicidade

"Jamais tive a intenção de jogar a torcida do Santos contra Luxemburgo. Quando fomos jogar em Belo Horizonte, aceitamos normalmente as brincadeiras deles, dizendo que iriam fritar o peixe", comentou o atacante.