Esportes

'Não vamos perder tudo o que construímos', diz Seedorf

Da Redação ·
Fonte da imagem: donasdabola.com.br
fonte:
Fonte da imagem: donasdabola.com.br


Um dos principais candidatos ao título do Campeonato Brasileiro até pouco tempo atrás, o Botafogo emendou uma sequência de três derrotas consecutivas e, agora, luta para reencontrar seu melhor futebol. Depois de perder a vice-liderança para o Grêmio, cair para a terceira colocação e ver o líder Cruzeiro abrir 11 pontos à sua frente, o time carioca promete se reerguer, como garantiu o meia Seedorf.

"O mundo e o esporte são assim, tudo é resultado. A verdade é que nós, com esses três resultados negativos, não vamos perder tudo que construímos. Muitos estão falando certas coisas...", declarou, nesta terça-feira. "Botafogo vai voltar, porque construiu os fundamentos e sempre consegue levantar. Há coisas muito piores no mundo para ficar abatido ou preocupado."
 

continua após publicidade
confira também



Segundo o veterano holandês, de 37 anos, essa oscilação em um campeonato longo como o Brasileirão é normal. A exceção é o Cruzeiro, que não perde há dez rodadas e, com isso, conseguiu disparar na liderança da competição. "Em um trabalho de um ano inteiro, todo mundo passa por momentos assim, só o Cruzeiro não passou, está de parabéns. Vamos voltar a brigar até o fim do ano, como fizemos até agora. Anormalidade é jogar em alto nível 70 jogos no ano, ninguém faz."

O próprio Seedorf tem oscilado junto com o Botafogo e não esconde que seu rendimento caiu nas últimas rodadas. Um dos principais jogadores e líder da equipe, o holandês não tem mostrado o mesmo futebol que fez o time carioca despontar como um dos favoritos da competição, condição que exercia até poucas rodadas atrás. O meia, no entanto, descarta que sua queda de rendimento tenha a ver com a idade.

"Para o meu jogo pessoal, agora falam que é idade, é isso, é aquilo... Quando eu voltar a jogar bem, vão falar tudo de novo. Há muito oportunismo. Minha experiência e responsabilidade vão contar nessa hora. Jogando mal, faz parte ser o grande jogador também. Ser presente só na vitória é a coisa mais calma do mundo, todos querem ser amigos. Convido o torcedor para continuar a apoiar esse ano, pois o Botafogo já fez coisas maravilhosas", disse.

E Seedorf espera a presença da torcida já para esta quarta-feira, no clássico contra o Fluminense, no Maracanã. "Posso garantir que esse time tem caráter para assumir a responsabilidade e está pronto para combater contra um adversário ideal. São sempre esses jogos que levantam o ânimo de todo mundo. Vai ser jogo pegado, mas vamos combater e honrar a camisa do Botafogo, como sempre fizemos esse ano."