Esportes

Cielo mira antigo recorde de Popov nos 50 metros

Da Redação ·

Campeão olímpico, mundial e dono do melhor tempo nos 50 metros livre, César Cielo revelou ter nova meta para a sequência do ano. O nadador quer bater o antigo recorde da prova do russo Alexander Popov, que era de 21s64 e foi obtido quando não existiam os maiôs tecnológicos, que estão proibidos.

continua após publicidade

Cielo crê que a marca será batida ainda em 2010, em competições como o Campeonato Europeu e o Pan-Pacífico, que ele participará, em Irvine, na Califórnia, entre os dias 18 e 22 de agosto. Nesta quarta-feira, porém, o brasileiro já chegou perto ao completar os 50 metros livre em 21s80 na final do Troféu Maria Lenk. E o tempo que ele fez foi motivo de apostas no Flamengo.

continua após publicidade

"Foi uma brincadeira que eu fiz com os companheiros do Flamengo e com o Marcão (Marco Veiga). Fizemos um bolão e apostamos um jantar sobre o tempo que eu faria. Acho que duas pessoas acertaram, a fisioterapeuta e o Ramom, que nadou o revezamento. Para mim, faltou pouco", disse Cielo, que escreveu a marca de 21s55 num papel na noite de terça-feira e mudou nesta manhã antes de ir para a piscina para 21s76.

continua após publicidade

O recorde mundial de Cielo, com o maiô tecnológico é de 20s91. Já a marca desta quarta-feira foi a sua mais rápida usando apenas uma bermuda. Por isso, ele ficou satisfeito. "Foi dentro do esperado, nada de fantástico, mas dentro do que eu estava esperando."

Agora, Cielo vai disputar as eliminatórias dos 100 metros livre, na tarde desta quinta-feira, no Troféu Maria Lenk. Campeão e recordista mundial da prova, com 46s91, ele tem o terceiro melhor tempo do ano na distância, 49s00, obtido no GP de Columbus, em Ohio, e quer melhorar o seu tempo. "Nos 100 metros, queria fazer 48 segundos", afirmou.