Esportes

Com salários, mas sem capacete protetor pela 1ª vez em 51 anos, Cuba domina torneio

Da Redação ·

Por Eduardo Ohata SÃO PAULO, SP, 30 de agosto (Folhapress) - O mosca-ligeiro Yosbany "El Diablo" Veitia se tornou o primeiro cubano em 51 anos a lutar no estilo profissional com o aval do governo cubano. Por estilo profissional entenda-se sem capacete protetor, sem camiseta, em maior número de assaltos do que três, maior ênfase na potência dos golpes e, o mais significativo, o pagamento de bolsas em dinheiro. Parte do dinheiro vai diretamente para o caixa do governo da ilha caribenha por meio da Federação Cubana de Boxe. Veitia bateu o mexicano Joselito Velazquez, por pontos em cinco assaltos. A equipe de cubanos superou os mexicanos por uma pequena margem: três de seus representantes venceram, mas dois foram derrotados, na primeira noite de competição, pela Série Mundial de Boxe, no México. Hoje acontecem as demais lutas previstas na programação.  

continua após publicidade