Esportes

Corinthians espanta zebra e avança na Copa do Brasil

Da Redação ·
O Corinthians espantou a zebra e garantiu vaga nas quartas de final da Copa do Brasil nesta quarta-feira, ao vencer o Luverdense por 2 a 0, no Pacaembu. Depois de uma surpreendente derrota por 1 a 0 na semana passada, em Lucas do Rio Verde, o time paulista mostrou evolução e, se não foi brilhante, marcou os dois gols de que precisava no primeiro tempo para passar pelas oitavas. Depois de eliminar um adversário da Série C do Campeonato Brasileiro, o Corinthians terá pela frente um rival da elite nacional. A equipe de Tite pegará nas quartas de final o Grêmio, que eliminou o Santos ao vencer por 2 a 0, também nesta quarta. Os jogos acontecerão nas semanas dos dias 25 de setembro e 23 de outubro, ainda sem sedes confirmadas. E nesta quarta o Corinthians teve que superar os desfalques para vencer. Sem Romarinho e Emerson, expulsos, além de Renato Augusto, novamente lesionado, Tite escalou Douglas e Alexandre Pato entre os titulares, e eles corresponderam. Douglas comandou o meio de campo corintiano com ótimos passes, enquanto Pato mostrou o faro de gol que a torcida espera dele e marcou o primeiro, além de ter iniciado a jogada do segundo. Pato, aliás, quebrou um jejum corintiano que durava mais de um ano. O gol do atacante foi o primeiro de falta da equipe desde o meio da temporada passada. O último havia sido marcado por Douglas, no empate por 1 a 1 contra a Portuguesa, no Pacaembu, no dia 21 de julho, ainda pelo Brasileirão de 2012. O JOGO - Quem assistia ao início da partida poderia ser enganado e achar que o Luverdense era quem precisava do resultado. Isso porque o time do Mato Grosso dominou o campo ofensivo no começo, encurralando o Corinthians, que só passou do meio de campo nos primeiros minutos em estocada de Edenílson, que não deu em nada. Mas aos oito minutos o Corinthians criou a primeira chance do jogo. Douglas aproveitou sobra em cobrança de falta e achou Paulo André sozinho na entrada da área. O zagueiro dominou e bateu forte para grande defesa de Gabriel Leite, que ainda contou com a sorte porque a bola explodiu no travessão. Não demorou para o Luverdense responder em um rápido contra-ataque, que Washington finalizou com perigo, à direita de Cássio. O jogo ficou movimentado, e aos 26 minutos aconteceu a grande chance corintiana até então. O Luverdense perdeu a bola no ataque e Danilo tocou rapidamente para Guerrero, que arrancou sozinho desde o meio de campo, tentou driblar o goleiro, mas cortou para o lado errado. Gilson aproveitou e cortou, impedindo a abertura do placar. Quatro minutos depois, no entanto o Corinthians marcou, e desta vez contou com a ajuda do adversário. Raul Prata cometeu falta em Pato quase na linha da área. O próprio atacante bateu forte, mas no meio do gol. O goleiro Gabriel Leite foi mal e só espalmou a bola para a própria redes. Em uma das estocadas do Luverdense, quase saiu o empate. Após cruzamento para a área, Edenílson ficou parado, Tosin aproveitou e cabeceou para grande defesa de Cássio. No rebote, Washington bateu cruzado para fora. Um minuto depois, foi a vez de Ibson perder grande chance ao ser lançado em posição legal e bater em cima de Gabriel Leite, que dessa vez foi bem. De tanto insistir, o Corinthians conseguiria a vantagem necessária ainda na primeira etapa. Pato fez ótima jogada pela esquerda, tocou para Douglas que cruzou. Guerrero tentou de letra e a bola sobrou para Fábio Santos, que, em posição legal, marcou aos 44 minutos. A baixa temperatura em São Paulo pareceu esfriar os jogadores porque o segundo tempo foi muito menos movimentado. O Corinthians estava satisfeito com o resultado e pouco atacava, enquanto o Luverdense mostrava desânimo e parecia não confiar que poderia reagir. A primeira chance corintiana aconteceu apenas aos 23 minutos, em cobrança de falta que Douglas jogou por cima. Mas diante de um adversário conformado com a derrota, o time da casa também relaxou e daí para frente apenas controlou o resultado. FICHA TÉCNICA CORINTHIANS 2 X 0 LUVERDENSE CORINTHIANS - Cássio; Edenílson, Paulo André, Gil e Fábio Santos; Ralf, Ibson (Alessandro), Danilo e Douglas; Alexandre Pato (Léo) e Guerrero. Técnico: Tite. LUVERDENSE - Gabriel Leite; Raul Prata, Braga, Carlão e Edinho; Júlio Terceiro, Gilson, Rafael Tavares e Washington (Marcelo Maciel); Misael (Samuel) e Tozin (Tatu). Técnico: Júnior Rocha. GOLS - Alexandre Pato, aos 30, e Fábio Santos, aos 44 minutos do primeiro tempo. CARTÕES AMARELOS - Fábio Santos (Corinthians); Braga, Raul Prata, Carlão (Luverdense). ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães (RJ). RENDA - R$ 924.851,00. PÚBLICO - 28.576 pagantes. LOCAL - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).
continua após publicidade