Esportes

Em vantagem, time carioca terá mudanças em Minas

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 27 de agosto (Folhapress) - Podendo até perder por um gol de diferença para avançar às quartas de final da Copa do Brasil, o Botafogo terá mudanças no duelo decisivo contra o Atlético-MG, amanhã, às 19h30, no Independência. No duelo de ida, no Rio, o Botafogo saiu vencedor por 4 a 2. A vantagem dos cariocas em Minas poderia ser maior não fosse o gol marcado pelos atleticanos no último minuto da partida no Maracanã. O técnico Oswaldo de Oliveira terá ao menos três mudanças na equipe. Ele não poderá contar com o lateral direito Gilberto, lesionado, e o volante Marcelo Mattos, suspenso, além do atacante Vitinho, que foi vendido ao russo CSKA e não defende mais o Botafogo. Na defesa, Edilson ganhará nova chance, enquanto o experiente Renato volta a atuar como titular no meio-campo. No ataque, Alex será o substituto de Vitinho. Para o Atlético-MG, resta vencer por 2 a 0 ou 3 a 1 para ficar com a vaga. Se devolver o 4 a 2, a disputa irá para os pênaltis. Se sofrer três ou mais gols em casa, o time mineiro precisará triunfar por ao menos três tentos de vantagem. Atual campeão da Libertadores, o time de Belo Horizonte encara a partida como se fosse uma decisão continental. "A motivação é igual à Libertadores. Chegar e ver o estádio lotado, ver a torcida que acredita em mim e em meus companheiros", afirmou o astro Ronaldinho. ATLÉTICO-MG Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Junior Cesar; Josué, Pierre, Luan, Ronaldinho e Diego Tardelli; Jô. Técnico: Cuca BOTAFOGO Jefferson, Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Gabriel, Renato, Lodeiro, Seedorf e Rafael Marques; Alex. Técnico: Oswaldo de Oliveira Estádio: Independência, em Belho Horizonte Horário: 19h30 Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)  

continua após publicidade