Esportes

Montes Claros erra muito e Cimed é tetra na Superliga

Da Redação ·
 Pela quarta vez consecutiva a Cimed faturou o título da Superliga.
fonte: Gaspar Nóbrega/VIPCOMM
Pela quarta vez consecutiva a Cimed faturou o título da Superliga.

Maior pontuador da Superliga masculina de vôlei, Lorena não foi suficiente para barrar a Cimed. Na manhã deste sábado (1), o time do levantador Bruno Rezende bateu o Montes Claros/Bonsucesso por 3 sets a 0, parciais de 25-22, 25-20 e 31-29 ficou com o título da temporada 2009/2010 da Superliga masculina de vôlei.

continua após publicidade

Este é o quarto título da equipe na história da competição em cinco anos de existência, os catarinenses chegaram em todas as finais do campeonato nacional, perdendo em apenas uma oportunidade: 2006/2007, quando foi caiu diante do Minas Tênis Clube.

Com o resultado, a Cimed se iguala aos rivais de Belo Horizonte como os maiores vencedores da história da competição. Nos últimos anos, o time conseguiu o feito de manter sua base: o capitão Bruno e o meio-de-rede Éder, por exemplo, participaram de todas as conquistas.

continua após publicidade

Curiosamente, a equipe nunca conseguiu levantar a taça em frente a sua torcida: o primeiro título, foi conquistado no ginásio do Mineirinho, enquanto as conquistas de 2007/2008 e 2008/2009 vieram no Maracanãzinho. Por outro lado, com a vitória no Ibirapuera, a Cimed pode se gabar de ter triunfado nos três ginásios mais famosos do país.

Apesar de a final ter sido realizada a cerca de 700km de Florianópolis e a 1000km de Montes Claros, o público esteve bem animado neste sábado. Segundo a direção da equipe campeã, 15 ônibus de torcedores vieram da capital catarinense para acompanhar a decisão, enquanto os mineiros, donos da melhor média de público da disputa, mandaram dez coletivos a São Paulo.