Esportes

Pato diz que meta é bater marca alcançada no Milan

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Pato diz que meta é bater marca alcançada no Milan
Pato diz que meta é bater marca alcançada no Milan

SÃO PAULO, SP, 12 de agosto (Folhapress) - Destaque na vitória do Corinthians sobre o Vitória, por 2 a 0, ontem, o atacante Alexandre Pato concedeu entrevista coletiva hoje no CT do Corinthians. Feliz com o seu desempenho, Pato disse ter uma meta. "Tenho o objetivo de fazer mais jogos nesse meu primeiro ano no Corinthians do que fiz na primeira temporada pelo Milan", disse.

A meta não está longe de ser batida. Há seis meses no time alvinegro, Pato já disputou 35 jogos e anotou 11 gols. Em seu primeiro ano pelo clube italiano, Pato entrou em campo 44 vezes e marcou 17 gols.

A conta pode aumentar já na quarta-feira, quando o jogador deve ser titular novamente diante do Fluminense, no Maracanã. Guerrero, titular usual da posição, está viajando com a seleção peruana, que enfrenta a Coreia do Sul em amistoso no dia 14. Há seis meses no clube, Pato diz que ainda está se adaptando ao Corinthians.

"É difícil chegar a um clube onde todos já se conhecem, mas aos poucos estou me entrosando com todos", afirmou. Pato voltou a se defender daqueles que acusam de falta de empenho.

"Não é falta de vontade. Tenho 23 anos e um treinador que é sensacional e tem me ajudado bastante. Tenho de aprender muito ainda e ele [Tite] tem me ajudado, junto com até mesmo os auxiliares", disse.

"Não falta vibração, mas tenho de aprender a chutar, entre outras coisas", confessou. "Estou crescendo como jogador, muito feliz de ter encontrado esse treinador e esse grupo que tem me ajudado bastante".

O jogador revelou também que parte da dificuldade em se firmar como titular no Corinthians tem a ver com a diferença de estilo de jogo nos campeonatos Brasileiro e Italiano.

"No Milan era diferente, eu não precisava marcar até onde os atacantes voltam para marcar aqui. Aqui, o treinador pede muito isso. Tite tem me ajudado bastante, dado conselhos para eu ajudar meus companheiros. Nesse jogo, já fiz isso muito bem e, a cada dia, estou crescendo", avaliou.

Assim que fez o segundo gol do Corinthians na vitória por 2 a 0 sobre o Vitória, Pato ajoelhou-se e apontou para o céu. Na sequência, foi abraçado por vários companheiros. A comemoração carinhosa foi até elogiada por Tite, mas abafou um gesto do jogador.

"Eu apontei para o céu porque queria fazer uma homenagem ao meu avô, que faleceu há menos de uma semana", revelou Pato.

"Aquele momento foi muito bom, todo mundo junto, isso me deixou muito feliz, ter esse carinho dos jogadores, do treinador", disse. "A cada dia tento demonstrar meu melhor para eles, ajudá-los dentro de campo. Isso só demonstra como é o Corinthians, cada um se ajuda para no final dar tudo certo", disse o jogador.

Com 21 pontos, o Corinthians está em quarto lugar no Campeonato Brasileiro.
 

continua após publicidade