Esportes

Liberado certame para nova cobertura do Lagoão

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Liberado certame para nova cobertura do Lagoão
fonte: divulgação
Liberado certame para nova cobertura do Lagoão

Dentro de 40 dias a Prefeitura de Apucarana espera conhecer a empreiteira encarregada da reforma da cobertura do Complexo Esportivo José Antônio Basso, o Lagoão. O início do processo licitatório foi autorizado na sexta-feira (19) pelo prefeito Beto Preto (PT). “Este é o primeiro grande passo que damos no sentido de, em breve, devolver o complexo totalmente restaurado para a comunidade”, destacou Beto, ao assinar a liberação no gabinete municipal ao lado do secretário de Obras e diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan), vice-prefeito Sebastião Ferreira Martins Júnior (Júnior da Femac).

O investimento máximo previsto com a obra é de R$644.581,43. “Os recursos vêm do Ministério do Esporte, através de emenda do deputado federal André Vargas (PT), sendo R$575.250,00 pelo convênio e R$69.331,43 de contrapartida da prefeitura”, detalha Júnior. O projeto, ressalta, foi elaborado pela própria equipe da secretaria de Obras e do Idepplan.

continua após publicidade

Na semana passada, a prefeitura já havia anunciado a proximidade da liberação do investimento. Na oportunidade, os gestores confirmaram a viabilização de outros convênios com o Governo Federal, que juntos vão contabilizar cerca de R$4 milhões. “Além desta verba para uma nova cobertura, em 2014 vamos celebrar convênio na ordem de R$3 milhões, cuja proposta já está cadastrada no sistema de convênios do Governo Federal, para a adequação da quadra do ginásio para a medida oficial, obra de acessibilidade, iluminação, construção de muros e jardinagem”, informa o prefeito Beto Preto. A verba, no valor de R$2.760.000,00 virá do Ministério do Esporte, e o restante será contrapartida da prefeitura. Assim como no caso da cobertura do complexo, o projeto é uma parceria entre o setor de obras e o instituto de desenvolvimento municipal”, complementa o vice-prefeito Júnior da Femac.

O aquecimento da piscina também será viabilizado no próximo ano. A verba pleiteada é na ordem de R$483.110,00, sendo R$444.461,20 do Ministério do Esporte e R38.648,80 de contrapartida municipal. Neste caso o projeto é uma parceria do Idepplan com a Secretaria Municipal de Esportes.