Esportes

Após folga, Froome mantém ponta na Volta da França

Da Redação ·
O português Rui Costa faturou nesta terça-feira a vitória na 16.ª etapa da Volta da França e pouco alterou o panorama para o líder geral da prova, o britânico Chris Froome, que segue com confortável vantagem na ponta. Costa cruzou os 168 quilômetros na Vaison-la-Romaine na frente, com a marca de 03h52min45s, mas, no fim do dia, era Froome quem tinha mais motivo para comemorar. O português ficou 42 segundos à frente de quatro ciclistas, que chegaram praticamente empatados nesta terça-feira: os franceses Christophe Riblon, Arnold Jeannesson e Jérôme Coppel, além do alemão Andreas Klöden. O brasileiro Murilo Fischer, único do País na principal prova do atletismo, foi apenas o 153.º, com 04h14min31s. Costa deu um sprint na parte final da prova para pular à frente e garantir sua segunda vitória em uma etapa da Volta da França na carreira. "Eu sabia exatamente o que tinha que fazer, e cada segundo que ganhei na subida foi útil no final. Eu tinha força o suficiente para me manter", comentou. Tanto Contador quanto Froome, considerados os dois principais candidatos ao título, terminaram a mais de 11 minutos de Rui Costa, mas não lamentaram. O britânico segue em primeiro na classificação geral, com o tempo de 65h15min36s, e manteve a camisa amarela. Já o espanhol é o terceiro, 5min25s atrás. Entre eles está o holandês Bauke Mollema, 4min14s atrás de Froome. Murilo Fischer é o 145.º. A Volta da França terá sequência nesta quarta-feira, com a 17.ª etapa, que será um contra o relógio. Os ciclistas terão que superar um trecho de 32 quilômetros entre Embrun e Chorges.
continua após publicidade