Esportes

Time de Tite erra demais e perde no Pacaembu

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 14 de julho (Folhapress) - O Corinthians teve mais chances no setor ofensivo, mas falhou nas finalizações e perdeu por 1 a 0 para o Atlético-MG, hoje, no Pacaembu, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Com nove pontos, o Corinthians estacionou em uma zona intermediária da tabela e foi ultrapassado justamente pelo Atlético-MG, que agora tem dez.

Tite teve uma série de desfalques. Alessandro, Danilo e Emerson, além de Douglas e Renato Augusto, ficaram fora para aprimorar a forma física após contusões. Pelo lado mineiro, Cuca optou por escalar apenas três dos seus principais jogadores: Victor, Réver e Bernard -este último suspenso do jogo de ida da final da Libertadores, quarta, contra o Olimpia.

A partida entre o atual campeão mundial e o finalista da Libertadores foi muito equilibrada, com ligeira superioridade dos donos da casa nas chances de gol.

Romarinho foi quem esteve mais perto de balançar as redes. Após uma dividida com defensores do Atlético-MG, o atacante do Corinthians ficou cara a cara com Victor, não levantou a cabeça e acabou batendo rasteiro e cruzado para fora da meta.

A resposta veio de forma imediata. Depois de um escanteio, Gilberto Silva desviou de cabeça e Réver completou para o gol. No entanto, houve impedimento no lance.

O Corinthians insistiu com um tiro longo de Ralf. Alexandre Pato também teve chance clara de gol, batendo cruzado. Mas os disparos pararam em grandes defesas de Victor.

O Atlético-MG chegou de maneira decisiva com Bernard, aos 36min. O atacante foi à linha de fundo pela esquerda e cruzou rasteiro. Rosinei apareceu entre os zagueiros adversários e só escorou para o gol: 1 a 0.

Antes da pausa para o intervalo, Romarinho novamente perdeu oportunidade frente a frente com Victor. Do outro lado, Alecsandro foi abafado por Cássio.

Na etapa final, Tite alterou o posicionamento tático. Com Ibson pouco efetivo na armação, Romarinho foi recuado. Cuca trocou Réver por Lucas Cândido e aumentou ainda mais o poder de marcação.

O Corinthians preparou jogadas para Pato, que teve ao menos três oportunidades de gol, mas em nenhuma delas conseguiu levar perigo real a Victor. Romarinho e Guerrero diminuíram o ritmo e não conseguiram o empate.

O Atlético-MG se fechou bem e usou dos contra-ataques, sempre pelos flancos e com cruzamentos. Rosinei perdeu chance, de cabeça, de ampliar o placar.



CORINTHIANS

Cássi; Edenílson, Gil, Paulo André (Paulo Victor) e Fábio Santos; Ralf, Guilherme e Ibson; Romarinho, Alexandre Pato (Léo) e Guerrero. Técnico: Tite



ATLÉTICO-MG

Victor; Michel, Réver (Lucas Cândido), Rafael Marques e Junior Cesar (Marcos Rocha); Gilberto Silva, Rosinei, Neto Berola (Luan), Guilherme e Bernard; Alecsandro. Técnico: Cuca



Estádio: Pacaembu, em São Paulo

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)

Gol: Rosinei, aos 36min do 1º tempo

Cartões amarelos: Guilherme, Fábio Santos (C), Michel, Luan e Guilherme (A)

Público: 32.797 pagantes

Renda: R$ 1.152.192,00
 

continua após publicidade