Esportes

Coritiba vence clássico e volta a liderar o Brasileirão

Da Redação ·
Em uma partida fraca tecnicamente o Coritiba venceu o Atlético Paranaense por 1 a 0 neste domingo, no Estádio Couto Pereira, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Beneficiado pela derrota do Botafogo para o Grêmio, o time alviverde reassumiu a liderança da competição com 15 pontos e se manteve como o único invicto do Brasileirão. O resultado manteve o Atlético na zona de rebaixamento com apenas seis pontos. Mesmo precisando da vitória para deixar a zona de rebaixamento, o técnico interino Alberto Valentim (Vagner Mancini assume nesta segunda) escalou o Atlético com três volantes, enquanto o Coritiba preferiu manter apenas Deivid como atacante. Com o meio de campo congestionado não havia espaço para criação e poucos lances com perigo de gol. Na segunda etapa, Geraldo entrou na vaga de Everton Costa e passou a jogar pela ala esquerda. A estratégia de Marquinhos Santos deu certo e aos 10 minutos Alex cruzou uma bola pela direita e Geraldo apareceu pela esquerda para abrir o placar em um chute cruzado. O Coritiba passou a administrar as ações, mas viu o Atlético crescer na parte final do jogo e ter a melhor chance em toda a partida para marcar. Aos 46, Marcão recebeu um lançamento e na frente do goleiro Vanderlei, na pequena área, tocou mal e o goleiro mandou a bola para escanteio. No final da partida, o meia Alex analisou o comportamento da equipe. "O primeiro tempo horrível, um segundo tempo um pouco melhor, mas o importante foi ter conseguido um saldo positivo e ganhar os três pontos", disse. Já o volante Bruno Silva preferiu não reclamar. "Não soubemos fazer as chances de gol, não vai adiantar ficar lamentando", comentou o jogador do Atlético. FICHA TÉCNICA: CORITIBA 1 X 0 ATLÉTICO-PR CORITIBA - Vanderlei; Victor Ferraz, Leandro Almeida, Chico (Emerson)e Diogo; Júnior Urso, Botinelli (Lincoln), Robinho e Alex; Everton Costa (Geraldo)e Alex. Técnico: Marquinhos - Santos. ATLÉTICO-PR - Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; Bruno Silva, João Paulo, Juninho (Paulo Baier), Zezinho (Marcão) e Éverton; Ederson (Marcelo). Técnico - Alberto Valentim. GOL - Geraldo, aos 10 minutos do segundo tempo. ÁRBITRO - Felipe Gomes (PR). CARTÕES AMARELOS - Robinho, Pedro Botelho, Diogo e Zezinho. RENDA - R$ 415.545,00. PÚBLICO - 19.902 pagantes. LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
continua após publicidade