Esportes

Time paulista vacila e só empata na Vila Belmiro

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 11 de julho (Folhapress) - O Santos decepcionou diante do Crac-GO e empatou por 1 a 1, na Vila Belmiro, no primeiro jogo da terceira fase da Copa do Brasil. O resultado deixou os jogadores cientes de que no dia 24, em Catalão, o time terá de vencer ou empatar por dois ou mais gols para ir às oitavas de final. Igualdade sem gols favorece o rival e 1 a 1 levará o duelo aos pênaltis. O Crac, lanterna do grupo na Série C, festejou o placar. A partida marcou a estreia do técnico Claudinei Oliveira em um duelo mata-mata com o time profissional. E ele fez o que dele se esperava. Repetiu a escalação titular que bateu o São Paulo por 2 a 0, no último domingo, jogando bem. Mas a atuação ante o Crac foi diferente. Como esperado, o Santos foi obrigado a tomar a iniciativa do confronto. Até dominou o time goiano, teve mais posse de bola, contudo não traduziu isso em gols. A equipe rondou a área do Crac e cometeu falhas no passe para o gol ou no arremate, deixando os torcedores aflitos na Vila Belmiro. De positivo, o santista viu o gol de Leandrinho. O volante aproveitou sobra da zaga e, de primeira, acertou chute de fora da área aos 38min do primeiro tempo. Mas os goianos assustaram, escapando com velocidade nos contra-ataques, acertou a trave de Aranha e anotou um gol com Ben Hur em falha coletiva da defesa, aos 21min do segundo tempo. O Santos ainda reclamou da arbitragem após o jogo, pedindo pênalti em um lance polêmico com Léo. SANTOS Aranha; Rafael Galhardo (Bruno Peres), Gustavo Henrique, Durval e Léo; Arouca (Alan Santos), Leandrinho, Cícero e Montillo; Neilton e Willian José (Giva). Técnico: Claudinei Oliveira CRAC Aleks; Rodney, Bruno Alves, Ben Hur e Rodrigo Crasso; Coquinho, Washington, Wanderley (Didi) e Héber; Johnathan (Diogo Medeiros) e Pantico (Willian Amendoim). Técnico: Marcelo Rocha Estádio: Vila Belmiro, em Santos Árbitro: Leandro Júnior Hermes (PR) Gols: Leandrinho, aos 38min do 1?7 tempo; Ben-Hur, aos 21min do 2º tempo Cartões amarelos: Alan Santos (SAN); Pantico, Washington (CRA) Público: 3.800 pagantes Renda: R$ 108.690,00  

continua após publicidade