Esportes

Interino, Milton Cruz quer ser técnico se sair do Morumbi

Da Redação ·





Por Rafael Reis

SÃO PAULO, SP, 9 de julho (Folhapress) - O coordenador técnico e treinador interino do São Paulo, Milton Cruz, negou hoje ter pretensão de ser efetivado, mas admitiu que pensa em uma mudança de carreira.

Trabalhando na comissão técnica do clube desde 1994 e homem de confiança do presidente Juvenal Juvêncio, o ex-atacante disse que, "se um dia sair' do Morumbi, será para comandar uma equipe. Ele deu a entender que espera receber uma chance dentro de casa.

"Eu estou pronto para ser treinador, isso é o que eu sei fazer e, o dia que eu me sentir preparado, eu sei que vou ter a chance. Já tive outras propostas para ser treinador no Japão, mas não fui. É aqui que me sinto bem, me sinto respeitado e prestigiado. Mas se um dia eu sair, eu vou ser treinador. Agora não é o momento', disse.

Apesar da ótima relação com Juvenal, Milton nunca foi convidado para ser técnico do São Paulo devido à volatilidade no cargo.

O mandatário teme lançar o coordenador como treinador e depois ter de demiti-lo devido a resultados negativos.

Milton tem 19 partidas como interino do São Paulo. São oito vitórias, seis empates e cinco derrotas em quase 14 anos de quebra-galho -interrompidos por curta experiência no mundo árabe em 2003.
 

continua após publicidade