Esportes

Pato desencanta e clube vence a 1 ª fora de casa no Brasileiro

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 7 de julho (Folhapress) - O atacante Alexandre Pato desencantou e marcou os dois gols da vitória corintiana por 2 a 0 sobre o Bahia, hoje, na Fonte Nova, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Este foi o primeiro êxito corintiano como visitante na competição. O jogador estava há dez partidas sem balançar as redes. Antes desta tarde, ele havia anotado um tento no dia 28 de abril, contra a Ponte Preta, pelas quartas de final do Estadual. Com o resultado, o time paulista chegou aos nove pontos e superou o próprio adversário baiano, que estacionou nos oito. A partida marcou o retorno do Bahia à Fonte Nova em um jogo válido pela elite do Nacional. Há dez anos, a equipe tricolor não recebia uma partida do Brasileiro no estádio. Apesar da vitória, o Corinthians levou um susto com Renato Augusto. O meia tomou uma cotovelada do atacante Souza e deixou o gramado chorando. Nesta segunda, ele fará exames para saber a gravidade da lesão. No próximo domingo, o clube alvinegro recebe o Atlético-MG, às 16h, no Pacaembu. Um dia antes, o Bahia visita a Ponte Preta, em Campinas. O Jogo Sem Emerson, Danilo e Douglas, Tite armou o Corinthians no 4-4-2, com Renato Augusto e Pato como novidades. Na zaga, Paulo André também desfalcou a equipe e foi substituído por Chicão. Velho conhecido do Corinthians dos tempos de Vasco, o técnico Cristóvão Borges montou o Bahia na mesma formação do time paulista. A partida começou truncada, mas os mandantes eram ligeiramente melhores. Os laterais Madson e Raul chegaram com perigo à linha de fundo. Porém, o centroavante Fernandão não alcançou a bola em ambos os lances. Aos 27min, o zagueiro Tite chegou a balançar as redes de Cássio, mas o assistente anulou por impedimento. O Corinthians ameaçou com um arremate perigoso de Renato Augusto. O goleiro Marcelo Lomba viu a bola sair por cima de sua meta. Aos 32min, Pato apareceu pela primeira vez no duelo e foi fatal. Depois de um longo lançamento, ele dominou na área, chutou na trave e aproveitou o rebote para colocar a equipe paulista em vantagem. Para piorar a situação do Bahia, Fernandão sentiu uma lesão e Souza entrou no confronto. Aos 42min, Romarinho alçou na área, Madson afastou mal e Pato pegou firme de direita para marcar seu segundo gol no jogo. No início da etapa final, o meia Renato Augusto recebeu uma cotovelada de Souza e deixou o confronto chorando. O corintiano foi direto para o vestiário e Ibson entrou no seu lugar. A equipe paulista passou a jogar na defesa à espera de um contra-ataque. Aos 17min, o peruano Guerrero teve a chance de fazer o terceiro, mas Lomba evitou. Por lesão, Borges teve que mexer novamente no Bahia. Sacou o lateral Raul para a entrada de Jussandro. Tite queimou suas últimas mudanças. Pato saiu ovacionado e foi substituído por Léo, recém-promovido da base. Já no fim, Romarinho cedeu sua vaga ao estreante Maldonado. O Corinthians ainda teve algumas oportunidades nos contra-ataques e tomou alguns sustos em chutes de média distância, porém o resultado de 2 a 0 permaneceu inalterado. BAHIA Marcelo Lomba, Madson, Titi, Lucas Fonseca e Raul (Jussandro); Fahel, Fabricio Lusa, Rafael Miranda, Talisca e Marquinhos; Fernandão (Souza). Técnico: Cristóvão Borges CORINTHIANS Cássio, Edenílson, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Renato Augusto (Ibson) e Romarinho (Maldonado); Alexandre Pato (Léo) e Guerrero. Técnico: Tite Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez Gols: Alexandre Pato (C), aos 32min e aos 42min do 1º tempo Cartões amarelos: Rafael Miranda (B), Fabricio Lusa (B)  

continua após publicidade