Esportes

Protesto antes de clássico pede saída de Juvenal Juvêncio

Da Redação ·

Por Rafael Reis SÃO PAULO, SP, 7 de julho (Folhapress) - Um grupo de cerca de 40 torcedores protestou hoje contra o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio. A manifestação, realizada em frente ao estádio do Morumbi, pouco antes do clássico contra o Santos, pela sexta rodada do Brasileiro, pediu a saída do mandatário e também atacou verbalmente o vice de futebol Adalberto Baptista. "Sr. Juvenal, se beber, não dirija meu Tricolor" e "Fora ditadura: cadê a cobertura?" foram algumas das faixas mostradas pelos protestantes. Os torcedores também gritaram o nome de Muricy Ramalho, técnico favorito para o lugar de Ney Franco, demitido na última sexta-feira, e Cuca, atualmente no Atlético-MG. A rejeição da torcida em relação ao presidente pode ser sentida a cada novo tropeço no Morumbi. Juvenal tem mandato até abril de 2014 e não poderá se reeleger. O vice geral Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, e o vice social e de esportes amadores Roberto Natel são os favoritos para serem indicados por Juvenal. O candidato da oposição deve ser o vereador e ex-aliado do presidente Marco Aurélio Cunha.  

continua após publicidade