Esportes

Direção do Milan reduz pedida por Robinho ao Santos

Da Redação ·
Crédito da foto - esportes.r7.com
fonte:
Crédito da foto - esportes.r7.com

A tentativa do Santos de contratar o atacante Robinho ganhou uma nova esperança. A advogada do jogador, Marisa Ramos, se reuniu com a diretoria do Milan, que aceitou reduzir a pedida pelo atacante. Ela, inclusive, já passou os novos valores para a diretoria do Santos. A representante está otimista com a possibilidade de Robinho voltar a defender o Santos e ressaltou que agora a decisão está nas mãos da diretoria do clube. "Agora só depende do Santos. O pedido foi consideravelmente reduzido. Como diz o hino, agora quem dá bola é o Santos", disse.

continua após publicidade
confira também

O pedido inicial do Milan seria de 10 milhões de euros (R$ 29 milhões) pela liberação do jogador. A esperança do Santos, porém, era de que o Milan, que deseja contratar o japonês Honda, levasse em consideração que em dezembro Robinho já poderá assinar pré-contrato com um novo clube, e baixasse o seu pedido para um valor em torno de 6 ou 7 milhões de euros, considerado razoável pelos santistas, o que parece ter acontecido na reunião entre a representante e o clube italiano. Presidente em exercício do Santos, Odílio Rodrigues havia revelado anteriormente otimismo na possibilidade de contratar Robinho. E a representante do atacante garantiu que o atacante está pedindo um salário muito abaixo do que ganharia no Milan. Ela lembrou também que o jogador ainda tem mercado na Europa. Segundo a representante, o Santos está agora fazendo contas para definir se aceita os valores pedidos pelo Milan, mas não revelou os números que foram apresentados ao clube. Além disso, ela ressaltou a necessidade do caso ter um desfecho rápido. Aos 29 anos, Robinho foi reserva do Milan durante quase toda a temporada 2012/2013 do futebol europeu, quando disputou 27 partidas pelo clube, com apenas dois gols marcados. Assim, um retorno ao País poderia ajudar o atacante a voltar a reeditar as suas melhores atuações e retornar para a seleção brasileira. Formado nas categorias de base do Santos, Robinho deixou o clube consagrado em 2005, com a conquista de dois títulos do Campeonato Brasileiro, em 2002 e 2004. Ele retornou ao time em 2010, em um rápido período de empréstimo, e venceu o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil. Agora, seu possível retorno poderia ajudar a compensar, em parte, a perda de Neymar, vendido ao Barcelona.