Esportes

Guerrero diz que time vai ao Morumbi "com raiva"

Da Redação ·

Por Alessandro da Mata SÃO PAULO, SP, 2 de julho (Folhapress) - O atacante Guerrero afirmou que os jogadores do Corinthians costumam entrar motivados no Morumbi para enfrentar o São Paulo. O motivo, segundo o atleta, é a recepção nada amistosa oferecida pela torcida rival. "Eu percebi que o Corinthians vai bem lá. A gente gosta de jogar no Morumbi. A torcida deles fica esperando a gente na chegada e joga cerveja, garrafas. A gente entra em campo com raiva", disse o atacante Há oito jogos sem fazer gols, Guerrero justifica a queda de rendimento com o excesso de partidas no calendário nacional. "É difícil jogar tanto como aqui no Brasil para quem vem da Europa. Vim um pouco cansado, mas os treinos foram muito bons e estarei 100%. A possibilidade de fazer gol amanhã é muita por conta da confiança", disse o peruano. Neste ano, Guerrero fez 12 gols. Ele alegou ter sido mal interpretado em entrevista concedida durante a disputa das eliminatórias sul-americanas da Copa-2014, em junho. "Eu falei que a possibilidade sempre vai existir de eu voltar para a Europa. A gente nunca sabe se vai ficar para sempre aqui. Depende de um time vir buscar e o Corinthians querer vender. Meu representante recebeu ligações. Mas estou feliz de jogar aqui e ganhar títulos". Paulo André O Corinthians terá Paulo André entre os titulares no primeiro jogo da Recopa Sul-Americana. O zagueiro superou as dores na coxa direita e treinou normalmente hoje. O defensor era a única dúvida do técnico Tite. Na semana anterior, Chicão treinou entre os titulares. Com as ausências do lateral direito Alessandro, machucado, e do volante Paulinho negociado com o Tottenham, Edenílson e Guilherme ganham novas oportunidades. No ataque, Romarinho deve ser titular ao lado de Emerson e Guerrero.  

continua após publicidade