Esportes

Santos vence o Santo André no 1º jogo da final do Paulistão

Da Redação ·
 Equipe da Vila Belmiro começou atrás no placar, mas conseguiu a virada no 2º tempo
fonte: Agências
Equipe da Vila Belmiro começou atrás no placar, mas conseguiu a virada no 2º tempo

O Santos levou um susto neste domingo, mas conseguiu derrotar o Santo André por 3 a 2, no estádio do Pacaembu, no primeiro duelo da decisão do Campeonato Paulista. Para levar a taça, o time do técnico Dorival Júnior agora poderá até se dar ao luxo de perder o confronto de volta, no mesmo Pacaembu, no próximo domingo, por até um gol de diferença.

continua após publicidade

Sensação do início da temporada no futebol brasileiro, o Santos entrou como grande favorito. Com um ataque fulminante formado por jovens, o time da Vila Belmiro só não teve o atacante André desde o início. O técnico Dorival Júnior, optou por utilizar Wesley no meio-de-campo.

continua após publicidade

O Santos teve dificuldades, e o Santo André se saiu melhor na etapa inicial. Neymar sofreu uma pancada no tornozelo logo aos cinco minutos em disputa de bola e teve sua atuação comprometida. Em sua melhor jogada, o atacante caiu na área aos 29 minutos em disputa com Toninho, e reclamou pênalti, não marcado por Paulo César de Oliveira.

continua após publicidade

Pelo lado do Santo André, o técnico Sérgio Soares fez com que os jogadores ofensivos participassem da marcação. O meio-de-campo ficou tumultuado e todo favorável ao time do ABC na etapa inicial. O gol, porém, só surgiu através da bola parada, aos 34 minutos. Edu Dracena fez falta em Nunes. Bruno César bateu no canto esquerdo e estufou as redes.

Após o gol, o Santo André criou mais chances para ampliar. Aos 42 minutos, Nunes recebeu com liberdade. O chute, porém, foi para fora, para alívio dos santistas.

continua após publicidade

Dorival teve de mudar o Santos na etapa final. Neymar deixou o jogo e André retornou ao time. A entrada do centroavante deu outra cara para o Santos, que voltou a apresentar seu tradicional futebol alegre e ofensivo. Apesar do empenho tático, o Santo André não conseguiu resistir.

continua após publicidade

Aos 13 minutos, André aproveitou cruzamento de Paulo Henrique Ganso e cabeceou para o fundo das redes para deixar tudo igual. Foi o 13.º gol do atacante no Paulistão. Ele é o artilheiro da equipe no torneio.

continua após publicidade

O Santo André desmontou após o empate e viu o Santos deitar e rolar. A virada chegou aos 17 minutos. Robinho fez lançamento para Wesley. O jogador recebeu, levou pela direita, invadiu a área e chutou cruzado, sem chances de defesa para Júlio César.

Wesley também fez o terceiro do Santos, aos 24 minutos. Novamente pela direita, o meia bateu cruzado - desta vez, a bola desviou no goleiro antes de entrar.

continua após publicidade

O Santos teve tudo para ampliar, ao ficar com um jogador a mais, já que Toninho foi expulso. O time, porém, bobeou na marcação e ofereceu ao Santo André o segundo gol. Aos 37 minutos, Rômulo fez grande jogada pela esquerda. Gil aproveitou o cruzamento e mandou na trave direita. Rodriguinho pegou o rebote e tocou para as redes.

continua após publicidade

Apesar do gol do Santo André e de ainda haver o segundo jogo, a torcida santista saiu animada e empolgada, afinal, o time ainda não perdeu por dois gols de diferença nesta temporada.

continua após publicidade

Ficha técnica:

Santo André 2 x 3 Santos

continua após publicidade

Santo André - Júlio César; Cicinho, Cesinha, Toninho e Rômulo; Alê, Gil, Branquinho (Pio) e Bruno César; Rodriguinho e Nunes. Técnico: Sérgio Soares.

continua após publicidade

Santos - Felipe; Pará (Madson), Edu Dracena, Durval e Léo; Wesley, Arouca, Marquinhos e Paulo Henrique (Zé Eduardo); Neymar (André) e Robinho. Técnico: Dorival Júnior

continua após publicidade

Gols - Bruno César, aos 35 minutos do primeiro tempo; André, aos 13 minutos, Wesley, aos 17 e aos 25 minutos, Rodriguinho, aos 38 minutos do segundo tempo

Árbitro - Paulo César de Oliveira (SP)

Cartões amarelos - Rômulo, Toninho (Santo André); Wesley (Santos)

Cartão vermelho - Toninho (Santo André)

Público - 33.354 presentes

Renda - R$ 1.770.150,00

Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)