Esportes

Clube anuncia saída de cartola do comitê gestor

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 1 de julho (Folhapress) - Em meio uma reformulação dentro e fora de campo desde a saída do atacante Neymar, o Santos anunciou hoje que o conselheiro Álvaro de Souza não faz mais parte do comitê gestor do clube. Em nota, o Santos diz que a saída foi motivada por decisão pessoal de Souza, que estava no grupo desde a sua criação, em 2009. O comunicado não informa quem será o substituto. O comitê gestor do Santos, responsável pela administração do clube, tem como membros Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro (presidente), Odílio Rorigues (vice) e, agora, mais seis membros: Caio De Stefano, Luciano Moita, Pedro Luiz Nunes, Augusto Videira, José Berenguer e Luiz Fernando Vendramini Fleury. No início do ano, algo parecido já havia ocorrido. O empresário Eduardo Vassimon deixou o comitê por motivos pessoais e foi substituído por Fleury. Mudanças Após a saída de Neymar, vendido ao Barcelona no final de maio, o técnico Muricy Ramalho foi demitido e Claudinei Oliveira, do time sub-20, assumiu o posto. O meia Felipe Anderson foi negociado com a Lazio, o atacante Willian José, ex-Greêmio, foi contratado. Nos próximos dias, os laterais Mena, da Universidad do Chile, e Cicinho, da Ponte Preta, devem ser anunciados como reforços. O goleiro Rafael pode ser vendido ao Napoli, que teria oferecido 6 milhões de euros (R$ 17 milhões) pelo atleta.  

continua após publicidade